Reencarnação – O Espiritismo de Denizard – ALLAN KARDEC

Reencarnação – O Espiritismo de Denizard – ALLAN KARDEC

(COM DOIS TESTEMUNHOS, NO FINAL)

E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo,”

Hebreus 9:27

Amados, não creiais a todo o espírito, mas provai se os espíritos são de Deus, porque já muitos falsos profetas se têm levantado no mundo.”

I João 4:1

Dedico este estudo aos meus amigos espíritas, ou espiritualistas, os quais amo com toda sinceridade. Desejo que cheguem ao pleno conhecimento do Grande Deus e Salvador, o Senhor Jesus Cristo. A Ele sejam honras e glórias para toda a eternidade. Amém!

Preparei este estudo, em oração, com bastante dedicação e cuidado, com o único objetivo de trazer à luz as verdades espirituais.

Peço aos amigos que analisem estes escritos com coração desejoso da verdade. A sua alma “está em jogo” e depende da sua crença.

É importante, e necessário, fazermos uma sintética análise histórico-espiritual do senhor Hippolyte Léon Denizard Rivail.

Seu nome de registro era Denizard Hippolyte-Léon Rivail. Denizard nasceu no dia 03 de outubro de 1804, em Lyon-França, em uma família tradicionalmente católica, e faleceu, em decorrência da ruptura de um aneurisma, no dia 31 de março de 1869, em Paris, aos 64 anos de idade.

A primeira Sociedade Espírita foi fundada em Paris, no dia 1 de abril de 1858, com o título de Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas, por Denizard Hippolyte-Léon Rivail, o mesmo Hippolyte Leon Denizart Rivail ou “Allan Kardec”, aos seus 53 anos de idade.

Denizard pesquisou sobre o “fenômeno” das “mesas girantes”, muito difundidas entre os “espiritualistas” da época. Em uma das sessões espirituais que frequentava, um “espírito”, que quis ser chamado de “Verdade”, disse ao senhor Denizard que ele havia sido separado para um novo e “importante” trabalho filosófico, científico e religioso. Em outra sessão espiritual, outro “espírito” que quis ser chamado de “Z” disse ao senhor Denizard que o conhecia de outra “reencarnação” quando era um poeta celta chamado “Allan Kardec”. Por isto, o senhor Denizard adotou o pseudônimo de “Allan Kardec”.

Uma simples pergunta: Como “Verdade” era um “espírito” e tinha um “importante” trabalho a realizar por Denizard, por que, então, ele mesmo não “reencarnou” para cumprir seus “planos”? Muito estranho! E mais: Será que Deus precisa “reencarnar” alguém para executar alguma “grande obra”?

Cada profeta, na Bíblia, foi usado por Deus na sua época. Nas relações espirituais divinas, ninguém é insubstituível. Deus pode usar qualquer que quiser.

Desejo lembrar que o Senhor Jesus Cristo, mesmo sendo uma das pessoas de Deus, ENCARNOU (não “reencarnou”), vindo ao mundo cumprir o seu grande plano para salvar o homem…

Nenhum profeta de Deus necessitou qualquer espécie de “reencarnação” para cumprir os planos de Deus. Deus nunca fez espírito algum “reencarnar” para cumprir seus planos. Não há menção alguma, na Palavra de Deus, de qualquer espécie de “reencarnação”. Com relação a Moisés, Samuel, Elias, Nicodemos (o novo nascimento) e João, o Batista, ainda neste estudo, detalharei sobre o que o espiritismo afirma e o que realmente aconteceu, respeitando, integralmente, as ocorrências bíblicas.

Entendo que esses ditos “espíritos” iniciaram essas ditas “grandes obras” com intento de satisfazerem os anseios dos que só vivem a procura de grandes acontecimentos espirituais ou ocorrências “paranormais”. Assim, conseguem manipular milhares de pessoas que nem ao menos pesquisam a respeito da religião que professam crer.

O interesse principal desses ditos “espíritos” é enganar uma grande quantidade de criaturas de Deus induzindo-as a descaminhos espirituais e, consequentemente, à perdição eterna da alma.

Os seres humanos adoram coisas “novas” e “espetaculares”. Sabedores disto, os ditos “espíritos”, a cada dia, criam novas doutrinas e estabelecem novas religiões definindo-as como “grandes obras” de Deus.

O Senhor Jesus Cristo e os apóstolos fizeram muitos sinais extraordinários quando estiveram aqui na terra. Muitos pediam que o Senhor Jesus Cristo fizesse mais sinais. Outros, só “criam” por terem visto algum sinal.

Leia:

Mateus 16:

1 E, chegando-se os fariseus e os saduceus, para o tentarem, pediram-lhe que lhes mostrasse algum sinal do céu.

2 Mas ele, respondendo, disse-lhes: Quando é chegada a tarde, dizeis: Haverá bom tempo, porque o céu está rubro.

3 E, pela manhã: Hoje haverá tempestade, porque o céu está de um vermelho sombrio. Hipócritas, sabeis discernir a face do céu, e não conheceis os sinais dos tempos?

4 Uma geração má e adúltera pede um sinal, e nenhum sinal lhe será dado, senão o sinal do profeta Jonas. E, deixando-os, retirou-se.

João 4:

48 Então Jesus lhe disse: Se não virdes sinais e milagres, não crereis.

Atos 8:

6 E as multidões unanimemente prestavam atenção ao que Filipe dizia, porque ouviam e viam os sinais que ele fazia;

SATANÁS FAZ SINAIS e PRODÍGIOS DE MENTIRA

II Tessalonicenses 2:

8 E então será revelado o iníquo, a quem o Senhor desfará pelo assopro da sua boca, e aniquilará pelo esplendor da sua vinda;

9 A esse cuja vinda é segundo a eficácia de Satanás, com todo o poder, e sinais e prodígios de mentira,

10 E com todo o engano da injustiça para os que perecem, porque não receberam o amor da verdade para se salvarem.

11 E por isso Deus lhes enviará a operação do erro, para que creiam na mentira;

12 Para que sejam julgados todos os que não creram a verdade, antes tiveram prazer na iniqüidade.

Apocalipse 13:

11 E vi subir da terra outra besta, e tinha dois chifres semelhantes aos de um cordeiro; e falava como o dragão.

12 E exerce todo o poder da primeira besta na sua presença, e faz que a terra e os que nela habitam adorem a primeira besta, cuja chaga mortal fora curada.

13 E faz grandes sinais, de maneira que até fogo faz descer do céu à terra, à vista dos homens.

14 E engana os que habitam na terra com sinais que lhe foi permitido que fizesse em presença da besta, dizendo aos que habitam na terra que fizessem uma imagem à besta que recebera a ferida da espada e vivia.

Apocalipse 19:

20 E a besta foi presa, e com ela o falso profeta, que diante dela fizera os sinais, com que enganou os que receberam o sinal da besta, e adoraram a sua imagem. Estes dois foram lançados vivos no lago de fogo que arde com enxofre.

O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO

“O Evangelho Segundo o Espiritismo”, do senhor Denizard, ou “Allan Kardec”, cita mais de 260 vezes o nome “JESUS”, referindo-se ao Filho de Deus, além dos apóstolos Paulo, Pedro, João. Cita textos da Bíblia, incluindo palavras do Senhor Jesus Cristo e do apóstolo Paulo.

Assim, é lógico afirmarmos que o espiritismo reconhece a existência de Jesus e acredita nos ensinos da Bíblia. “Allan Kardec”, em “O Evangelho Segundo o Espiritismo”, utiliza alguns textos da Bíblia, interessantes para ele, e trata outros, tão relevantes quanto os citados, como “incompreensíveis” e “irracionais”. Exalta o espiritismo, fundado por ele, como sendo o “meio de compreensão”. Leia:

Muitos pontos do Evangelho, da Bíblia e dos autores sacros em geral são incompreensíveis, alguns até parecem irracionais pela ausência de um meio que permita compreender o seu verdadeiro sentido. Esse meio de compreensão encontra-se integralmente no Espiritismo, como já puderam se convencer aqueles que o estudaram com seriedade, e como se reconhecerá, ainda melhor, mais tarde.” (“O Evangelho Segundo o Espiritismo”, de Allan Kardec, “INTRODUÇÃO”)

Desejo lembrar que Allan Kardec viveu de 1804 d.C a 1869 d.C. e toda a Bíblia, Antigo e Novo Testamentos, foi escrita de 1400 a.C a 100 d.C. Muitos dos ensinos do espiritismo são refutados por Deus, na Bíblia, milhares de anos antes de Denizard” ter nascido, ou Allan Kardec “reencarnado”, e escrito “O Evangelho Segundo o Espiritismo”. O entendimento da Palavra de Deus é muito claro e racional. Ninguém necessita ser teólogo para entender o que está escrito na Palavra de Deus, a Bíblia. No decorrer deste trabalho irei abordar algumas doutrinas do espiritismo à luz da Bíblia.

Em “O Evangelho Segundo o Espiritismo”, de Allan Kardec, no capítulo IV, com o título “SÓCRATES E PLATÃO, PRECURSORES DA IDEIA CRISTÃ E DO ESPIRITISMO”, lemos:

Sócrates, da mesma forma que o Cristo, nada escreveu, ou, pelo menos, não deixou nenhum escrito. Como o Cristo, teve a morte dos criminosos, vítima do fanatismo, por haver atacado as crenças existentes e posto a virtude real acima da hipocrisia e da aparência das formas, em uma palavra, por haver combatido os preconceitos religiosos.”

Essa afirmação “…por haver combatido os preconceitos religiosos.” é discordante do que está escrito na Palavra de Deus, a Bíblia. Jesus Cristo nunca combateu “preconceitos religiosos”, antes, atacou de frente, sem medo, as heresias dos religiosos hipócritas. Os apóstolos Paulo, Pedro e João, e os irmãos de Jesus chamados Tiago e Judas, também fizeram o mesmo. Leia:

Mateus 15:

7 Hipócritas, bem profetizou Isaías a vosso respeito, dizendo:

9 Mas, em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos dos homens.

Mateus 16:

12 Então compreenderam que não dissera que se guardassem do fermento do pão, mas da doutrina dos fariseus.

Mateus 23:

27 Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que sois semelhantes aos sepulcros caiados, que por fora realmente parecem formosos, mas interiormente estão cheios de ossos de mortos e de toda a imundícia.

I Coríntios 11:

19 E até importa que haja entre vós heresias, para que os que são sinceros se manifestem entre vós.

Gálatas 5:

19 Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia,

20 Idolatria,feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias,

21 Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus.

Tiago 2;

10 Porque qualquer que guardar toda a lei, e tropeçar em um só ponto, tornou-se culpado de todos.

11 Porque aquele que disse: Não cometerás adultério, também disse: Não matarás. Se tu pois não cometeres adultério, mas matares, estás feito transgressor da lei.

12 Assim falai, e assim procedei, como devendo ser julgados pela lei da liberdade.


Tiago 4:

4 Adúlteros e adúlteras, não sabeis vós que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus.

II Pedro 2:

1 E também houve entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá também falsos doutores, que introduzirão encobertamente heresias de perdição, e negarão o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina perdição.

Judas 1:

10 Estes, porém, dizem mal do que não sabem; e, naquilo que naturalmente conhecem, como animais irracionaisse corrompem.

11 Ai deles! porque entraram pelo caminho de Caim, e foram levados pelo engano do prêmio de Balaão, e pereceram na contradição de Coré.

12 Estes são manchas em vossas festas de amor, banqueteando-se convosco, e apascentando-se a si mesmos sem temor; são nuvens sem água, levadas pelos ventos de uma para outra parte; são como árvores murchas, infrutíferas, duas vezes mortas, desarraigadas;

13 Ondas impetuosas do mar, que escumam as suas mesmas abominações; estrelas errantes, para os quais está eternamente reservada a negrura das trevas.

14 E destes profetizou também Enoque, o sétimo depois de Adão, dizendo: Eis que é vindo o Senhor com milhares de seus santos;

15 Para fazer juízo contra todos e condenar dentre eles todos os ímpios, por todas as suas obras de impiedade, que impiamente cometeram, e por todas as duras palavras que ímpios pecadores disseram contra ele.

16 Estes são murmuradores, queixosos da sua sorte, andando segundo as suas concupiscências, e cuja boca diz coisas mui arrogantes, admirando as pessoas por causa do interesse.

Apocalipse 21:

8 Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos fornicadores, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte.

Allan Kardec afirma, no texto lido anteriormente, que Sócrates e Jesus Cristo foram assassinado por criminosos, sendo vítimas do fanatismo, por haverem “ATACADO AS CRENÇAS EXISTENTES…” O que dizer, também, dos mais de cinquenta milhões de anabatistas (os mesmos Batistas que conhecemos hoje), ao contrário dos pregadores covardes de hoje, que foram assassinados durante a Idade Média por anunciarem o evangelho do Senhor Jesus Cristo e atacarem as heresias dos déspotas do catolicismo romano?

Alguns déspotas, por não admitirem derrota em suas crenças, partem para a violência barata e gratuita, intentando impor as suas doutrinas pelo terror e ódio.

Em “O Evangelho Segundo o Espiritismo”, no capítulo I, “Instruções dos Espíritos”, ponto 3, lemos:

Jesus não veio destruir a lei, isto é, a lei de Deus. Ele veio cumpri-la, ou seja, desenvolvê-la, dar-lhe o seu verdadeiro sentido e apropriá-la ao grau de adiantamento dos homens.

Por estas palavras “O céu e a Terra não passarão, sem que se cumpra perfeitamente tudo até o último iota”, Jesus quis dizer que era necessário que a lei de Deus fosse cumprida, isto é, fosse praticada sobre toda a Terra, em toda a sua pureza, com todos os seus desenvolvimentos e todas as suas consequências; porquanto, de que serviria ter estabelecido essa lei se ela tivesse de ficar como privilégio de alguns homens ou mesmo de um só povo? Sendo todos os homens filhos de Deus, eles são, sem nenhuma diferença, merecedores da mesma consideração.”

Na verdade, Jesus veio cumprir tudo o que estava escrito, na Lei, nos Profetas e nos Salmos, a seu respeito. Os textos bíblicos aonde o Senhor Jesus Cristo dá essa afirmação, e explica claramente, estão em Mateus 5:17 e Lucas 24:44. Leia, também, outros textos, conforme abaixo:

Mateus 5:

17 Não cuideis que vim destruir a lei ou os profetas: não vim ab-rogar, mas cumprir.

Lucas 24:

44 E disse-lhes: São estas as palavras que vos disse estando ainda convosco: Que convinha que se cumprisse tudoo que de mim estava escritona lei de Moisés, e nos profetas e nos Salmos.

Mateus 2:

13 E, tendo eles se retirado, eis que o anjo do Senhor apareceu a José em sonhos, dizendo: Levanta-te, e toma o menino e sua mãe, e foge para o Egito, e demora-te lá até que eu te diga; porque Herodes há de procurar o menino para o matar.

16 Então Herodes, vendo que tinha sido iludido pelos magos, irritou-se muito, e mandou matar todos os meninos que havia em Belém, e em todos os seus contornos, de dois anos para baixo, segundo o tempo que diligentemente inquirira dos magos.

17 Então se cumpriu o que foi dito pelo profeta Jeremias, que diz:

18 Em Ramá se ouviu uma voz, Lamentação, choro e grande pranto: Raquel chorando os seus filhos, E não querendo ser consolada, porque já não existem.

Lucas 4:

14 Então, pela virtude do Espírito, voltou Jesus para a Galiléia, e a sua fama correu por todas as terras em derredor.

15 E ensinava nas suas sinagogas, e por todos era louvado.

16 E, chegando a Nazaré, onde fora criado, entrou num dia de sábado, segundo o seu costume, na sinagoga, e levantou-se para ler.

17 E foi-lhe dado o livro do profeta Isaías; e, quando abriu o livro, achou o lugar em que estava escrito:

18 O Espírito do Senhor é sobre mim, Pois que me ungiu para evangelizar os pobres. Enviou-me a curar os quebrantados do coração,

19 A pregar liberdade aos cativos, E restauração da vista aos cegos, A pôr em liberdade os oprimidos, A anunciar o ano aceitável do Senhor.

20 E, cerrando o livro, e tornando-o a dar ao ministro, assentou-se; e os olhos de todos na sinagoga estavam fitos nele.

21 Então começou a dizer-lhes: Hoje se cumpriu esta Escritura em vossos ouvidos.

Atos 3:

18 Mas Deus assim cumpriu o que já dantes pela boca de todos os seus profetas havia anunciado; que o Cristo havia de padecer.

Atos 13:

32 E nós vos anunciamos que a promessa que foi feita aos pais, Deus a cumpriua nós, seus filhos, ressuscitando a Jesus;

Com relação a afirmação de “Allan Kardec”, conforme transcrição anterior que“..Sendo todos os homens filhos de Deus,…” diverge de textos bíblicos. Leia:

João 1:

11 Veio para o que era seu, e os seus não o receberam.

12 Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome;

13 Os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus.

Romanos 8:

14 Porque todos os quesão guiados pelo Espírito de Deus, esses são filhos de Deus.

19 Porque a ardente expectação da criatura espera a manifestação dos filhos de Deus.

Romanos 9:

8 Isto é, não são os filhos da carne que são filhos de Deus, mas os filhos da promessa são contados como descendência.

Gálatas 3:

26 Porque todos sois filhos de Deuspela fé em Cristo Jesus.

I João 3:

1 Vede quão grande amor nos tem concedido o Pai, que fôssemos chamados filhos de Deus. Por isso o mundo não nos conhece; porque não o conhece a ele.

2 Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifestado o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque assim como é o veremos.

10 Nisto são manifestos os filhos de Deus, e os filhos do diabo. Qualquer que não pratica a justiça, e não ama a seu irmão, não é de Deus.

O QUE A BÍBLIA AFIRMA SOBRE OS ESPÍRITOS?

A Palavra de Deus, a Bíblia, mostra que todo homem tem um espírito. O próprio Deus possui, em uma de suas três pessoas divinas, o Espírito Santo. Leia:

I Tessalonicenses 5:

23 E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, e corpo, sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo.

Tiago 2:

26 Porque, assim como o corposem o espíritoestá morto, assim também a fé sem obras é morta.

Mateus 1:

18 Ora, o nascimento de Jesus Cristo foi assim: Estando Maria, sua mãe, desposada com José, antes de se ajuntarem, achou-se ter concebido do Espírito Santo.

20 E, projetando ele isto, eis que em sonho lhe apareceu um anjo do Senhor, dizendo: José, filho de Davi, não temas receber a Maria, tua mulher, porque o que nela está gerado é do Espírito Santo;

Mateus 3:

16 E, sendo Jesus batizado, saiu logo da água, e eis que se lhe abriram os céus, e viu o Espírito de Deus descendo como pomba e vindo sobre ele.

Mateus 10:

20 Porque não sois vós quem falará, mas o Espírito de vosso Pai é que fala em vós.

Mateus 12:

28 Mas, se eu expulso os demônios pelo Espírito de Deus, logo é chegado a vós o reino de Deus.

32 E, se qualquer disser alguma palavra contra o Filho do homem, ser-lhe-á perdoado; mas, se alguém falar contra o Espírito Santo, não lhe será perdoado, nem neste século nem no futuro.

Mateus 28:

19 Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;

Os ensinos da Palavra de Deus, a Bíblia, demonstram que o espírito “desencarnado” não tem mais contato, aqui na terra, com outros homens pecadores. Leia:

Lucas 16:

19 Ora, havia um homem rico, e vestia-se de púrpura e de linho finíssimo, e vivia todos os dias regalada e esplendidamente.

20 Havia também um certo mendigo, chamado Lázaro, que jazia cheio de chagas à porta daquele;

21 E desejava alimentar-se com as migalhas que caíam da mesa do rico; e os próprios cães vinham lamber-lhe as chagas.

22 E aconteceu que o mendigo morreu, e foi levado pelos anjos para o seio de Abraão; e morreu também o rico, e foi sepultado.

23 E no inferno, ergueu os olhos, estando em tormentos, e viuao longe Abraão, e Lázaro no seu seio.

24 E, clamando, disse: Pai Abraão, tem misericórdia de mim, e manda a Lázaro, que molhe na água a ponta do seu dedo e me refresque a língua, porque estou atormentado nesta chama.

25 Disse, porém, Abraão: Filho, lembra-te de que recebeste os teus bens em tua vida, e Lázaro somente males; e agora este é consolado e tu atormentado.

26 E, além disso, está posto um grande abismo entre nós e vós, de sorte que os que quisessem passar daqui para vós não poderiam, nem tampouco os de lá passar para cá.

27 E disse ele: Rogo-te, pois, ó pai, que o mandes à casa de meu pai

28 Pois tenho cinco irmãos; para que lhes dê testemunho, a fim de que não venham também para este lugar de tormento.

29 Disse-lhe Abraão: Têm Moisés e os profetas; ouçam-nos.

30 E disse ele: Não, pai Abraão; mas, se algum dentre os mortos fosse ter com eles, arrepender-se-iam.

31 Porém, Abraão lhe disse: Se não ouvem a Moisés e aos profetas, tampouco acreditarão, ainda que algum dos mortos ressuscite.

Na história, acima, do rico e Lázaro, observamos muitos pontos importantíssimos com relação aos que morrem:

1 – Conforme o versículo 22, Lázaro, servo de Deus, morreu e foi levado pelos anjos para o “SEIO DE ABRAÃO” = Foi morar com os que já estão com Deus. NÃO FICOU DORMINDO NO TÚMULO e NÃO REENCARNOU;

2 – Conforme o mesmo versículo 22, o rico também morreu e foi sepultado (O seu corpo, é claro!).

3 – Conforme o versículo 23, o espírito do rico foi para o INFERNO. Mesmo estando com o corpo sepultado, na terra, o seu espírito, no INFERNO, enxergou e sentiu TORMENTOS. NÃO FICOU DORMINDO NO TÚMULO e NÃO REENCARNOU;

4 – Conforme o versículo 24, o rico sente TORMENTOS de CHAMAS DE FOGO;

5 – Conforme o versículo 25, Lázaro está sendo CONSOLADO e o rico ATORMENTADO;

6 – Conforme o versículo 26, nem Lázaro pode passar do CONSOLO para o TORMENTOnem o RICO do TORMENTO para o CONSOLO. Quem está no céu, com Deus, nunca irá para o inferno. Quem está no INFERNO nunca irá para o céu;

7 – Conforme o versículo 27 a 31, lemos que o RICO pediu para que Abraão enviasse Lázaro de volta a terra para pregar para seus cinco irmãos para eles não irem, também, para o inferno. É lógico que Abraão nunca teria esse poder. Ainda assim, ele respondeu ao RICO que para voltar a terra teria que ser pela RESSURREIÇÃO (e não “reencarnação”). Leia o versículo 31 que diz: “Porém, Abraão lhe disse: Se não ouvem a Moisés e aos profetas, tampouco acreditarão, ainda que algum dos mortos ressuscite.”

Diferença entre REENCARNAR e RESSUSCITAR

Em “O Evangelho Segundo o Espiritismo”, de Allan Kardec, lemos no Capítulo IV – em “NINGUÉM PODE VER O REINO DE DEUS SE NÃO NASCER DE NOVO”, nos pontos 3 e 4, o seguinte:

3. (Após a transfiguração.)60 Seus discípulos o interrogaram, dizendo: “Por que dizem pois os escribas que é preciso que Elias venha primeiro”? Mas Jesus lhes respondeu: “É verdade que Elias deve vir e restabelecer todas as coisas, mas eu vos declaro que Elias já veio, e eles não o conheceram, e o trataram como quiseram. É assim que farão sofrer o Filho do Homem”. Então seus discípulos compreenderam que era de João Batista que Jesus lhes havia falado. (Mateus, XVII: 10 a 13; Marcos, IX: 10 a 12.)

Ressurreição e reencarnação

4. A reencarnação fazia parte dos dogmas judeus sob o nome de ressurreição; só os saduceus, que pensavam que com a morte tudo se acabava, não acreditavam nela. As ideias dos judeus sobre esse ponto, assim como sobre muitos outros, não estavam claramente definidas porque eles só possuíam noções vagas e incompletas sobre a alma e sua ligação com o corpo. Eles acreditavam que um homem que morreu podia reviver, sem compreenderem, com precisão, a maneira pela qual esse fato podia ocorrer, e designavam pelo nome de ressurreição o que o Espiritismo chama, mais acertadamente, de reencarnação. Efetivamente, a ressurreição faz supor o retorno à vida do corpo que morreu, o que a Ciência demonstra ser materialmente impossível, principalmente quando os elementos desse corpo já foram há muito tempo dispersos e absorvidos. A reencarnação é o retorno da alma, ou espírito, à vida corporal, mas em um outro corpo, novamente formado para ela, que nada tem de comum com o antigo. A palavra ressurreição podia, assim, ser aplicada a Lázaro, mas não a Elias, nem aos outros profetas. Portanto, se João Batista era Elias, conforme se acreditava, o corpo de João não podia ser o de Elias, pois que João tinha sido visto criança, e seu pai e sua mãe eram conhecidos. João podia ser Elias reencarnado, mas não ressuscitado.”

Analisando a transcrição acima, de “O Evangelho Segundo o Espiritismo”, de Allan Kardec, temos:

– Allan Kardec escreveu:A reencarnação fazia parte dos dogmas judeus sob o nome de ressurreição;”

Comentário:Isto é apelação! É como se você dissesse: “O avião está voando além das alturas das nuvens.” e alguém afirmasse que o que você quis dizer é que “O AVIÃO deve ser entendido como NAVIO.”.

– A explicação de Allan Kardec para a afirmação acima é a seguinte, conforme texto transcrito anteriormente:Efetivamente, a ressurreição faz supor o retorno à vida do corpo que morreu, o que a Ciência demonstra ser materialmente impossível, principalmente quando os elementos desse corpo já foram há muito tempo dispersos e absorvido.”

Comentário: Será que há algo impossível a Deus? O que fez os céus, a terra e tudo o que neles há, não pode ressuscitar alguém? A afirmação, acima, de Allan Kardec denuncia a sua grande FALTA DE FÉ!

Leia o que a Palavra de Deus, a Bíblia, afirma:

Hebreus 11:

1 Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem.

6 Ora, sem fé é impossível agradar-lhe; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam.

Mateus 19:

26 E Jesus, olhando para eles, disse-lhes: Aos homens é isso impossível, mas a Deus tudo é possível.

Marcos 10:

27 Jesus, porém, olhando para eles, disse: Para os homens é impossível, mas não para Deus, porque para Deus todas as coisas são possíveis.

Lucas 1:

37 Porque para Deus nada é impossível.

Mateus 17:

20 E Jesus lhes disse: Por causa de vossa pouca fé; porque em verdade vos digo que, se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a este monte: Passa daqui para acolá, e há de passar; e nada vos será impossível.

Conforme o texto de Allan Kardec, transcrito anteriormente, REENCARNARé o retorno da alma, ou espírito, à vida corporal, mas em um outro corpo, novamente formado para ela, que nada tem de comum com o antigo.”, ou seja, o espírito, após a morte do corpo, voltar a esta terra em um NOVO CORPO. Neste caso, teria que vir como bebê novamente.

REENCARNAÇÃO NUNCA ACONTECEU EM TEMPO ALGUM, PRINCIPALMENTE NAS HISTÓRIAS BÍBLICAS!

Ainda de acordo com “O Evangelho Segundo o Espiritismo”, de Allan Kardec, lemos no Capítulo IV – em “NINGUÉM PODE VER O REINO DE DEUS SE NÃO NASCER DE NOVO”, no ponto 4, o seguinte:

A palavra ressurreição podia, assim, ser aplicada a Lázaro, mas não a Elias, nem aos outros profetas. Portanto, se João Batista era Elias, conforme se acreditava, o corpo de João não podia ser o de Elias, pois que João tinha sido visto criança, e seu pai e sua mãe eram conhecidos. João podia ser Elias reencarnado, mas não ressuscitado.”

– Analisando os escritos, acima, de Allan Kardec, temos:

1- Há uma visível contradição com seus próprios escritos. Ele afirma, no mesmo ponto 4:Eles acreditavam que um homem que morreu podia reviver, sem compreenderem, com precisão, a maneira pela qual esse fato podia ocorrer, e designavam pelo nome de ressurreição o que o Espiritismo chama, mais acertadamente, de reencarnação. Efetivamente, a ressurreição faz supor o retorno à vida do corpo que morreu, o que a Ciência demonstra ser materialmente impossível, principalmente quando os elementos desse corpo já foram há muito tempo dispersos e absorvidos. A reencarnação é o retorno da alma, ou espírito, à vida corporal, mas em um outro corpo, novamente formado para ela, que nada tem de comum com o antigo. A palavra ressurreição podia, assim, ser aplicada a Lázaro, mas não a Elias, nem aos outros profetas. Portanto, se João Batista era Elias, conforme se acreditava, o corpo de João não podia ser o de Elias, pois que João tinha sido visto criança, e seu pai e sua mãe eram conhecidos. João podia ser Elias reencarnado, mas não ressuscitado.”

Observe que primeiro Allan Kardec afirma que o que a Bíblia chama de ressurreição, o espiritismo denomina como reencarnação. Assim, nega a existência da ressurreição e só admite a reencarnação. Diz, ainda, que é impossível um corpo voltar a viver. Depois, admite que a ressurreição pode ser aplicada a Lázaro. Como? Já que ele afirma que a ressurreição não existe, mas, sim reencarnação?! Se estivesse se referindo à ressurreição de Lázaro como reencarnação, não teria afirmado que “A palavra ressurreição podia, assim, ser aplicada a Lázaro, mas não a Elias,”. Ele afirma, no final, que João, o Batista, podia ser Elias reencarnado, mas não ressuscitado.”. Perceberam, agora, que no começo ele não admite a ressurreição, depois a admite e ainda, no final, a classifica separadamente da reencarnação (podia ser Elias reencarnado, mas não ressuscitado.”). Quanta incoerência e contradição! Não acham?!

JOÃO, O BATISTA, NÃO PODE SER ELIAS REENCARNADO

O próprio João, o Batista, afirmou que ele NÃO É ELIAS. Você acha que um homem cheio do Espírito Santo, como João, mentiria?

João 1:

19 E este é o testemunho de João, quando os judeus mandaram de Jerusalém sacerdotes e levitas para que lhe perguntassem: Quem és tu?

20 E confessou, e não negou; confessou: Eu não sou o Cristo.

21 E perguntaram-lhe: Então quê? És tu Elias? E disse: Não sou. És tu profeta? E respondeu: Não.

22 Disseram-lhe pois: Quem és? para que demos resposta àqueles que nos enviaram; que dizes de ti mesmo?

23 Disse: Eu sou a voz do que clama no deserto: Endireitai o caminho do Senhor, como disse o profeta Isaías.

24 E os que tinham sido enviados eram dos fariseus.

25 E perguntaram-lhe, e disseram-lhe: Por que batizas, pois, se tu não és o Cristo, nem Elias, nem o profeta?

26 João respondeu-lhes, dizendo: Eu batizo com água; mas no meio de vós está um a quem vós não conheceis.

27 Este é aquele que vem após mim, que é antes de mim, do qual eu não sou digno de desatar a correia da alparca.

28 Estas coisas aconteceram em Betânia, do outro lado do Jordão, onde João estava batizando.

Por outro simples motivo, João, o Batista,não pode ser “Elias reencarnado” nem ressuscitado: Elias NÃO MORREU.

Elias foi levado VIVO, para o céu, em um redemoinho. Como pode um corpo material adulto entrar em outro corpo material infante (bebê)? De acordo com a doutrina espírita, é o espírito que entra em um “novo corpo” e não o corpo entra em outro corpo. Leia, abaixo, quando Elias, VIVO, é levado em um redemoinho para o céu:

II Reis 2:

1 Sucedeu que, quando o SENHOR estava para elevar a Elias num redemoinho ao céu, Elias partiu de Gilgal com Eliseu.

11 E sucedeu que, indo eles andando e falando, eis que um carro de fogo, com cavalos de fogo, os separou um do outro; e Elias subiu ao céu num redemoinho.

Em Lucas 1:11 a 17 encontramos a explicação do que o Senhor Jesus Cristo afirmou sobre a vinda de Elias, em Mateus 17:12 e Marcos 9:13. O anjo disse a Zacarias, pai de João, o Batista, que ele (João) viria “no espírito e virtude de Elias”. Não diz que ele viria “com o” espírito de Elias, mas, “no” espírito e virtude de Elias, ou seja, COM O MESMO PODER.

Mateus 17:

12 Mas digo-vos que Elias já veio, e não o conheceram, mas fizeram-lhe tudo o que quiseram. Assim farão eles também padecer o Filho do homem.

Marcos 9:

13 Digo-vos, porém, que Elias já veio, e fizeram-lhe tudo o que quiseram, como dele está escrito.

Lucas 1:

11 E um anjo do Senhor lhe apareceu, posto em pé, à direita do altar do incenso.

12 E Zacarias, vendo-o, turbou-se, e caiu temor sobre ele.

13 Mas o anjo lhe disse: Zacarias, não temas, porque a tua oração foi ouvida, e Isabel, tua mulher, dará à luz um filho, e lhe porás o nome de João.

14 E terás prazer e alegria, e muitos se alegrarão no seu nascimento,

15 Porque será grande diante do Senhor, e não beberá vinho, nem bebida forte, e será cheio do Espírito Santo, já desde o ventre de sua mãe.

16 E converterá muitos dos filhos de Israel ao Senhor seu Deus,

17 E irá adiante dele no espírito e virtude de Elias, para converter os corações dos pais aos filhos, e os rebeldes à prudência dos justos, com o fim de preparar ao Senhor um povo bem disposto.

Na transfiguração de Jesus, em Mateus 17:1 a 5 e Marcos 9:2 a 7, apareceram Moisés e Elias.

Se Elias tivesse “reencarnado em João, o Batista”, quem deveria ter aparecido na transfiguração teria sido João, o Batista, e não Elias. João, o Batista, havia morrido ANTES DA TRANSFIGURAÇÃO, conforme o texto abaixo, em Marcos 6:23 a 29.

Marcos 6:

23 E jurou-lhe, dizendo: Tudo o que me pedires te darei, até metade do meu reino.

24 E, saindo ela, perguntou a sua mãe: Que pedirei? E ela disse: A cabeça de João o Batista.

25 E, entrando logo, apressadamente, pediu ao rei, dizendo: Quero que imediatamente me dês num prato a cabeça de João o Batista.

26 E o rei entristeceu-se muito; todavia, por causa do juramento e dos que estavam com ele à mesa, não lha quis negar.

27 E, enviando logo o rei o executor, mandou que lhe trouxessem ali a cabeça de João. E ele foi, e degolou-o na prisão;

28 E trouxe a cabeça num prato, e deu-a à menina, e a menina a deu a sua mãe.

29 E os seus discípulos, tendo ouvido isto, foram, tomaram o seu corpo, e o puseram num sepulcro.

Marcos 9:

2 E seis dias depois Jesus tomou consigo a Pedro, a Tiago, e a João, e os levou sós, em particular, a um alto monte; e transfigurou-se diante deles;

3 E as suas vestes tornaram-se resplandecentes, extremamente brancas como a neve, tais como nenhum lavadeiro sobre a terra os poderia branquear.

4 E apareceu-lhes Elias, com Moisés, e falavam com Jesus.

5 E Pedro, tomando a palavra, disse a Jesus: Mestre, é bom que estejamos aqui; e façamos três cabanas, uma para ti, outra para Moisés, e outra para Elias.

6 Pois não sabia o que dizia, porque estavam assombrados.

7 E desceu uma nuvem que os cobriu com a sua sombra, e saiu da nuvem uma voz que dizia: Este é o meu filho amado; a ele ouvi.

Na TRANSFIGURAÇÃO de JESUS CRISTO,

MOISÉS e ELIAS APARECEM

MOISÉS está MORTO NO CORPO, mas o seu espírito vive com DEUS:

Deuteronômio 34:

5 Assim morreu ali Moisés, servo do SENHOR, na terra de Moabe, conforme a palavra do SENHOR.

6 E o sepultou num vale, na terra de Moabe, em frente de Bete-Peor; e ninguém soube até hoje o lugar da sua sepultura.

7 Era Moisés da idade de cento e vinte anosquando morreu; os seus olhos nunca se escureceram, nem perdeu o seu vigor.

Na transfiguração, o Senhor Jesus Cristo apareceu com MOISÉS (morto)e Elias (vivo), um de cada lado. Elias não está morto, pois foi levado ao céu vivo. Moisés, porém, está morto no corpo, como vimos no texto acima, mas o seu espírito está vivo com Deus; não em algum túmulo, dormindo.

Elias:

II Reis 2:

1 Sucedeu que, quando o SENHOR estava para elevar a Elias num redemoinho ao céu, Elias partiu de Gilgal com Eliseu.

11 E sucedeu que, indo eles andando e falando, eis que um carro de fogo, com cavalos de fogo, os separou um do outro; e Elias subiu ao céu num redemoinho.

Moisés e Elias:

Mateus 17:

1 Seis dias depois, tomou Jesus consigo a Pedro, e a Tiago, e a João, seu irmão, e os conduziu em particular a um alto monte,

2 E transfigurou-se diante deles; e o seu rosto resplandeceu como o sol, e as suas vestes se tornaram brancas como a luz.

3 E eis que lhes apareceram Moisés e Elias, falando com ele.

4 E Pedro, tomando a palavra, disse a Jesus: Senhor, bom é estarmos aqui; se queres, façamos aqui três tabernáculos, um para ti, um para Moisés, e um para Elias.

5 E, estando ele ainda a falar, eis que uma nuvem luminosa os cobriu. E da nuvem saiu uma voz que dizia: Este é o meu amado Filho, em quem me comprazo; escutai-o.

O que aprendemos com o texto acima?

1 – Se Moisés estivesse “dormindo no túmulo”, não teria aparecido falando com Jesus;

2 – Se Moisés tivesse “reencarnado” não apareceria mais como “Moisés”;

3 – Moisés e Elias foram os únicos que apareceram nesta terra, depois de haverem ido para o céu, na transfiguração de Jesus. Esta aparição teve uma finalidade importantíssima: Deus estava indicando que não devemos ESCUTAR Moisés, que representou a Lei, nem Elias, que representou os profetas, mas O SEU FILHO AMADO: JESUS CRISTO que é a graça de Deus revelada aos homens;

4 – Moisés e Elias falaram, apenas, com Jesus. Observe que Moisés e Elias não falaram com NINGUÉM nesta terra, nem com os apóstolos. Quem morre, estando no céu ou no inferno, não fala com nenhum pecador, nesta terra;

5 – Moisés e Elias não vieram por qualquer tipo de “invocação”. Não houve “sessão espírita”, ou qualquer outra, para eles aparecerem;

6 – Moisés e Elias não apareceram mais.

NICODEMOS E O NOVO NASCIMENTO

Em referência ao que escreveu João, no capítulo 3, sobre a história de Nicodemos, indicando o NASCER DE NOVO como a REENCARNAÇÃO, Allan Kardec, em seu livro “O Evangelho Segundo o Espiritismo”, afirma no Capítulo IV – em “NINGUÉM PODE VER O REINO DE DEUS SE NÃO NASCER DE NOVO”, no ponto 6, o seguinte:

6. A ideia de que João Batista era Elias, e de que os profetas podiam reviver na Terra, encontra-se em muitas passagens dos Evangelhos, notadamente nas relatadas acima, (itens 1 a 3). Se essa crença tivesse sido um erro, Jesus não deixaria de combatê-la, como combateu a tantas outras; longe disso, ele a confirmou com toda a sua autoridade, colocando-a como um princípio e como uma condição necessária quando disse: Ninguém pode ver o reino de Deus se não nascer de novo; e ele insiste quando acrescenta: Não te admires de que eu tenha dito que é preciso que nasças de novo.

Analisemos o texto de NICODEMOS, conforme transcrito abaixo:

João 3:

1 E havia entre os fariseus um homem, chamado Nicodemos, príncipe dos judeus.

2 Este foi ter de noite com Jesus, e disse-lhe: Rabi, bem sabemos que és Mestre, vindo de Deus; porque ninguém pode fazer estes sinais que tu fazes, se Deus não for com ele.

3 Jesus respondeu, e disse-lhe: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus.

4 Disse-lhe Nicodemos: Como pode um homem nascer, sendo velho? Pode, porventura, tornar a entrar no ventre de sua mãe, e nascer?

5 Jesus respondeu: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus.

6 O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito.

7 Não te maravilhes de te ter dito: Necessário vos é nascer de novo.

8 O vento assopra onde quer, e ouves a sua voz, mas não sabes de onde vem, nem para onde vai; assim é todo aquele que é nascido do Espírito.

9 Nicodemos respondeu, e disse-lhe: Como pode ser isso?

10 Jesus respondeu, e disse-lhe: Tu és mestre de Israel, e não sabes isto?

11 Na verdade, na verdade te digo que nós dizemos o que sabemos, e testificamos o que vimos; e não aceitais o nosso testemunho.

12 Se vos falei de coisas terrestres, e não crestes, como crereis, se vos falar das celestiais?

13 Ora, ninguém subiu ao céu, senão o que desceu do céu, o Filho do homem, que está no céu.

14 E, como Moisés levantou a serpente no deserto, assim importa que o Filho do homem seja levantado;

15 Para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

16 Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

17 Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele.

18 Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus.

19 E a condenação é esta: Que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más.

20 Porque todo aquele que faz o mal odeia a luz, e não vem para a luz, para que as suas obras não sejam reprovadas.

21 Mas quem pratica a verdade vem para a luz, a fim de que as suas obras sejam manifestas, porque são feitas em Deus.

1 – Conforme os versículos 1 e 2, Nicodemos era um homem que cria em Jesus como Mestre;

2 – Conforme o versículo 3, mesmo Nicodemos já crendo em Jesus como Mestre, ouviu que necessitava nascer de novo;

3 – Conforme o versículo 4, Nicodemos perguntou se NASCER DE NOVO é “tornar a entrar no ventre de sua mãe, e nascer” (NICODEMOS PENSAVA QUE NASCER DE NOVO ERA REENCARANAR);

4 – Conforme os versículos 5, 6 e 8, lemos que o Senhor Jesus Cristo disse a Nicodemos que NASCER DE NOVO não é por REENCARNAÇÃO, mas NASCER DAÁGUAE DOESPÍRITO.

O Senhor Jesus Cristo afirmou no versículo 6 que “O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito.”. E no versículo 8 “O vento assopra onde quer, e ouves a sua voz, mas não sabes de onde vem, nem para onde vai; assim é todo aquele que énascido do Espírito.

Estes versículos demonstram, claramente, que o NASCER DE NOVO QUE ELE QUER NÃO É NA CARNE, MAS NO ESPÍRITO SANTO.

– Conforme a mesma palavra que conta a história de Nicodemos, a Bíblia, a ÁGUA é a PALAVRA DE DEUS:

Efésios 5:

25 Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela,

26 Para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela palavra,

– Conforme a mesma palavra que conta a história de Nicodemos, a Bíblia, o ESPÍRITO SANTO é recebido no momento que o pecador OUVE A PALAVRA DA VERDADE, o EVANGELHO DA SALVAÇÃO, tendo nele CRIDO:

Efésios 1:

13 Em quem também vós estais, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação; e, tendo nele também crido, fostes seladoscom o Espírito Santo da promessa.

14 O qual é o penhor da nossa herança, para redenção da possessão adquirida, para louvor da sua glória

Tito 3:

5 Não pelas obras de justiça que houvéssemos feito, mas segundo a sua misericórdia, nos salvou pela lavagem da regeneração e da renovação do Espírito Santo,

5 – Conforme o versículo 7, lemos que o Senhor Jesus Cristo afirmou que é NECESSÁRIO NASCER DE NOVO (na ÁGUA e no Espírito Santo, é claro);

6 – Nos versículos 14 a 21, lemos que o NOVO NASCIMENTO tem que ser pela crença no EVANGELHO que foi o sacrifício da MORTE do Senhor Jesus Cristo, na cruz; nunca por “reencarnações”.

Em I Coríntios 15 de 1 a 4, lemos o que é o EVANGELHO que dá o NOVO NASCIMENTO a quem nele crê:

I Coríntios 15:

1 Também vos notifico, irmãos, o evangelho que já vos tenho anunciado; o qual também recebestes, e no qual também permaneceis.

2 Pelo qual também sois salvos se o retiverdes tal como vo-lo tenho anunciado; se não é que crestes em vão.

3 Porque primeiramente vos entreguei o que também recebi: que Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras,

4 E que foi sepultado, e que ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras.

E os ESPÍRITOS que aparecem como sendo de PESSOAS?

Além do espírito do homem, há espíritos que têm a classificação divina de ANJOS. Assim como os homens, existem anjos do bem e anjos do mal. Os anjos do bem são conhecidos como anjos de Deus. Os anjos do mal são conhecidos como “espíritos imundos”, anjos do diabo, demônios, potestade das trevas, hostes espirituais da maldade, etc. Satanás era um anjo de Deus que se rebelou e foi expulso do céu. Milhares de anjos seguiram a satanás e também foram expulsos. Leia:

Mateus 22:

30 Porque na ressurreição nem casam nem são dados em casamento; mas serão como os anjos de Deus no céu.

Lucas 12:

8 E digo-vos que todo aquele que me confessar diante dos homens também o Filho do homem o confessará diante dos anjos de Deus.

9 Mas quem me negar diante dos homens será negado diante dos anjos de Deus.

Lucas 15:

10 Assim vos digo que há alegria diante dos anjos de Deus por um pecador que se arrepende.

João 1:

51 E disse-lhe: Na verdade, na verdade vos digo que daqui em diante vereis o céu aberto, e os anjos de Deus subindo e descendo sobre o Filho do homem.

Hebreus 1:

1 Havendo Deus antigamente falado muitas vezes, e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, a nós falou-nos nestes últimos dias pelo Filho,

2 A quem constituiu herdeiro de tudo, por quem fez também o mundo.

3 O qual, sendo o resplendor da sua glória, e a expressa imagem da sua pessoa, e sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder, havendo feito por si mesmo a purificação dos nossos pecados, assentou-se à destra da majestade nas alturas;

4 Feito tanto mais excelente do que os anjos, quanto herdou mais excelente nome do que eles.

5 Porque, a qual dos anjos disse jamais: Tu és meu Filho, Hoje te gerei? Eu lhe serei por Pai, E ele me será por Filho?

6 E outra vez, quando introduz no mundo o primogênito, diz: E todos os anjos de Deus o adorem.

7 E, quanto aos anjos, diz: Faz dos seus anjos espíritos, E de seus ministros labareda de fogo.

8 Mas, do Filho, diz: O Deus, o teu trono subsiste pelos séculos dos séculos; Cetro de eqüidade é o cetro do teu reino.

Isaías 14:

12 Como caíste desde o céu, ó estrela da manhã, filha da alva! Como foste cortado por terra, tu que debilitavas as nações!

13 E tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu, acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono, e no monte da congregação me assentarei, aos lados do norte.

14 Subirei sobre as alturas das nuvens, e serei semelhante ao Altíssimo.

15 E contudo levado serás ao inferno, ao mais profundo do abismo.

Lucas 10:

18 E disse-lhes: Eu via Satanás, como raio, cair do céu

Mateus 25:

41 Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos;

Judas 1:

6 E aos anjos que não guardaram o seu principado, mas deixaram a sua própria habitação, reservou na escuridão e em prisões eternas até ao juízo daquele grande dia;

Mateus 8:

16 E, chegada a tarde, trouxeram-lhe muitos endemoninhados, e ele com a sua palavra expulsou deles os espíritos, e curou todos os que estavam enfermos;

Mateus 10:

1 E, chamando os seus doze discípulos, deu-lhes poder sobre os espíritos imundos, para os expulsarem, e para curarem toda a enfermidade e todo o mal.

Mateus 12:

28 Mas, se eu expulso os demônios pelo Espírito de Deus, logo é chegado a vós o reino de Deus.

Efésios 6:

12 Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais.

Colossenses 1:

13 O qual nos tirou da potestade das trevas, e nos transportou para o reino do Filho do seu amor;

O Senhor Jesus Cristo afirmou que o próprio SATANÁS se transfigura em anjo de luz:

II Coríntios 11:

13 Porque tais falsos apóstolos são obreiros fraudulentos, transfigurando-se em apóstolos de Cristo.

14 E não é maravilha, porque o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz.

15 Não é muito, pois, que os seus ministros se transfigurem em ministros da justiça; o fim dos quais será conforme as suas obras.

Assim, também, os milhares de anjos que caíram com satanás, os demõnios, tendo sido expulsos do céu, tomam formas de pessoas, animais, etc., com a finalidade de induzir as pessoas à falsa doutrina de comunicação com os mortos.

A primeira ENCARNAÇÃO de satanás foi em uma serpente:

Apocalipse 12:

9 E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, chamada o Diabo, e Satanás, que engana todo o mundo; ele foi precipitado na terra, e os seus anjos foram lançados com ele.

Apocalipse 20:

2 Ele prendeu o dragão, a antiga serpente, que é o Diaboe Satanás, e amarrou-o por mil anos.

Gênesis 3:

1 Ora, a serpente era mais astuta que todas as alimárias do campo que o SENHOR Deus tinha feito. E esta disse à mulher: É assim que Deus disse: Não comereis de toda a árvore do jardim?

Nota: Satanás, conforme o versículo acima, mentiu. Deus não disse “Não comereis de toda a árvore do jardim”. Deus disse: “E ordenou o SENHOR Deus ao homem, dizendo: De toda a árvore do jardim comerás livremente, mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dela não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás.” (Gên. 2:16 e 17). A mulher rebateu a mentira de satanás nos versículos posteriores: “E disse a mulher à serpente: Do fruto das árvores do jardim comeremos, mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Não comereis dele, nem nele tocareis para que não morrais. Então a serpente disse à mulher: Certamente não morrereis. (Gênesis 3:2 a 4). Então, novamente, satanás mentiu dizendo que ela não morreria. Mas Eva, não obedecendo a Deus, fez o que a serpente, o diabo, mandou e ainda levou Adão a cometer o mesmo erro. E eles morreram, não materialmente, mas espiritualmente.

Satanás é mentiroso e pai da mentira. Mente desde o princípio e nele nunca se achou a verdade. Quando os satanás ou seus demônios encarnam em alguém para começar alguma nova “religião” faz o que lhe é próprio: Mente e torce a Palavra de Deus com a finalidade de induzir o maior número de pessoas ao INFERNO ETERNO DE FOGO, que já é o seu lugar.

João 8:

44 Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira.

A morte espiritual é o banimento do homem com relação a Deus. Adão e Eva morreram espiritualmente. A religação do homem com Deus só é possível pela conversão ao Senhor Jesus Cristo.

Romanos 5:

12 Portanto, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens por isso que todos pecaram.

13 Porque até à lei estava o pecado no mundo, mas o pecado não é imputado, não havendo lei.

14 No entanto, a morte reinou desde Adão até Moisés, até sobre aqueles que não tinham pecado à semelhança da transgressão de Adão, o qual é a figura daquele que havia de vir.

15 Mas não é assim o dom gratuito como a ofensa. Porque, se pela ofensa de um morreram muitos, muito mais a graça de Deus, e o dom pela graça, que é de um só homem, Jesus Cristo, abundou sobre muitos.

16 E não foi assim o dom como a ofensa, por um só que pecou. Porque o juízo veio de uma só ofensa, na verdade, para condenação, mas o dom gratuito veio de muitas ofensas para justificação.

17 Porque, se pela ofensa de um só, a morte reinou por esse, muito mais os que recebem a abundância da graça, e do dom da justiça, reinarão em vida por um só, Jesus Cristo.

18 Pois assim como por uma só ofensa veio o juízo sobre todos os homens para condenação, assim também por um só ato de justiça veio a graça sobre todos os homens para justificação de vida.

19 Porque, como pela desobediência de um só homem, muitos foram feitos pecadores, assim pela obediência de um muitos serão feitos justos.

20 Veio, porém, a lei para que a ofensa abundasse; mas, onde o pecado abundou, superabundou a graça;

21 Para que, assim como o pecado reinou na morte, também a graça reinasse pela justiça para a vida eterna, por Jesus Cristo nosso Senhor.

O HOMEM SÓ MORRE UMA VEZ

A Palavra de Deus, a Bíblia, afirma que o homem só morre UMA ÚNICA VEZ.

Hebreus 9:

27 E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo,

Se houvesse REENCARNAÇÃO, o homem morreria mais de uma vez, pois, a cada vez que nascesse teria que morrer de novo.

MUNDO FELIZ e MUNDO INFELIZ?

EM QUAL MUNDO VOCÊ ESTÁ?

Em “O Evangelho Segundo o Espiritismo”, no Capítulo III, em “HÁ MUITAS MORADAS NA CASA DE MEU PAI – Diferentes categorias de mundos habitados”, no ponto 5, Allan Kardec, aponta vários mundos com espíritos de pessoas encarnadas. Afirma que passam de um mundo para outro para alcançarem a “perfeição”. Leia:

5. Os espíritos encarnados em um mundo não estão ligados a ele indefinidamente, e não passam, nesse mundo, por todas as fases progressivas que devem percorrer para chegar à perfeição. Quando atingem, em um determinado mundo, o grau de adiantamento que esse mundo comporta, passam para um outro, mais avançado, e assim, sucessivamente, até que cheguem ao estado de espíritos puros. Os mundos são estações em cada uma das quais os espíritos encontram os elementos de progresso proporcionais ao seu adiantamento. Para eles é uma recompensa passar para um mundo de ordem mais elevada, assim como é um castigo prolongarem sua estada em um mundo infeliz, ou serem relegados para um mundo mais infeliz ainda que aquele que foram forçados a deixar, por se obstinarem em permanecer no mal.”

Allan Kardec utiliza o texto bíblico de João 14: para defender essa “doutrina”. Vejamos:

João 14:

1 Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim.

2 Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito. Vou preparar-vos lugar.

3 E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também.

4 Mesmo vós sabeis para onde vou, e conheceis o caminho.

5 Disse-lhe Tomé: Senhor, nós não sabemos para onde vais; e como podemos saber o caminho?

6 Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.

No texto de João 14:1 a 6, não encontramos o Senhor Jesus Cristo afirmando que há novos mundos e reencarnações para purificações dos espíritos.

Nesse texto, o Senhor Jesus Cristo afirma que na “CASA DO PAI” há “MUITAS MORADAS”. Não diz muitos mundos.

Nos versículo 3 e 4, Ele afirma que iria preparar lugar para os que conhecem o CAMINHO. Então, no versículo 6, diz que Ele mesmo é o CAMINHO para a CASA DO PAI dita no versículo 2.

Sabemos que o Senhor Jesus Cristo foi para a “CASA DO PAI”. E onde é a “CASA DO PAI”.

Quando Estevão estava sendo apedrejado, viu a “CASA DO PAI”, onde o Senhor Jesus Cristo estava. Leia:

Atos 7:

54 E, ouvindo eles isto, enfureciam-se em seus corações, e rangiam os dentes contra ele.

55 Mas ele, estando cheio do Espírito Santo, fixando os olhos no céu, viu a glória de Deus, e Jesus, que estava à direita de Deus;

56 E disse: Eis que vejo os céus abertos, e o Filho do homem, que está em pé à mão direita de Deus.

57 Mas eles gritaram com grande voz, taparam os seus ouvidos, e arremeteram unânimes contra ele.

58 E, expulsando-o da cidade, o apedrejavam. E as testemunhas depuseram as suas capas aos pés de um jovem chamado Saulo.

59 E apedrejaram a Estêvão que em invocação dizia: Senhor Jesus, recebe o meu espírito.

60 E, pondo-se de joelhos, clamou com grande voz: Senhor, não lhes imputes este pecado. E, tendo dito isto, adormeceu.

Estevão não apenas viu a “CASA DO PAI” aberta para ele, onde o Senhor Jesus Cristo está, que é no CÉU, mas foi recebido lá.

Estevão NÃO FOI PARA “OUTRO MUNDO”, por reencarnação, para ter o ESPÍRITO PURIFICADO, pagando seus pecados com sofrimentos próprios. Estevão foi direto para o CÉU.

João 10:

27 As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu conheço-as, e elas me seguem;

28 E dou-lhes a vida eterna, e nunca hão de perecer, e ninguém as arrebatará da minha mão.

29 Meu Pai, que mas deu, é maior do que todos; e ninguém pode arrebatá-las da mão de meu Pai.

30 Eu e o Pai somos um.

João 5:

24 Na verdade, na verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida.

Em “O Evangelho Segundo o Espiritismo”, no Capítulo III, em “HÁ MUITAS MORADAS NA CASA DE MEU PAI – Diferentes categorias de mundos habitados”, no ponto 5, Allan Kardec, aponta vários mundos com espíritos de pessoas encarnados. Afirma que passam de um mundo para outro para alcançarem a “perfeição”. Leia:

5. Os mundos são estações em cada uma das quais os espíritos encontram os elementos de progresso proporcionais ao seu adiantamento. Para eles é uma recompensa passar para um mundo de ordem mais elevada, assim como é um castigo prolongarem sua estada em um mundo infeliz, ou serem relegados para um mundo mais infeliz ainda que aquele que foram forçados a deixar, por se obstinarem em permanecer no mal.”

Se a afirmativa de Allan Kardec estivesse correta, uns estariam em algum “mundo feliz” e outros em algum “mundo infeliz”. O “mundo feliz” deveria ser FELIZ para todos os seus habitantes. O “mundo infeliz” deveria ser INFELIZ para todos os seus habitantes. Não necessitamos de muita inteligência para sabermos que na TERRA há pessoas que são FELIZES e outras que são INFELIZES; outras EXTREMAMENTE INFELIZES.

Essa doutrina de Allan Kardec é decadente em si mesma.

SAMUEL NÃO APARECEU NA INVOCAÇÃO DA FEITICEIRA

I Samuel 28:

6 E perguntou Saul ao SENHOR, porém o SENHOR não lhe respondeu, nem por sonhos, nem por Urim, nem por profetas.

7 Então disse Saul aos seus criados: Buscai-me uma mulher que tenha o espírito de feiticeira, para que vá a ela, e consulte por ela. E os seus criados lhe disseram: Eis que em En-Dor há uma mulher que tem o espírito de adivinhar.

8 E Saul se disfarçou, e vestiu outras roupas, e foi ele com dois homens, e de noite chegaram à mulher; e disse: Peço-te que me adivinhes pelo espírito de feiticeira, e me faças subir a quem eu te disser.

9 Então a mulher lhe disse: Eis aqui tu sabes o que Saul fez, como tem destruído da terra os adivinhos e os encantadores; por que, pois, me armas um laço à minha vida, para me fazeres morrer?

10 Então Saul lhe jurou pelo SENHOR, dizendo: Vive o SENHOR, que nenhum mal te sobrevirá por isso.

11 A mulher então lhe disse: A quem te farei subir? E disse ele: Faze-me subir a Samuel.

12 Vendo, pois, a mulher a Samuel, gritou com alta voz, e falou a Saul, dizendo: Por que me tens enganado? Pois tu mesmo és Saul.

13 E o rei lhe disse: Não temas; que é que vês? Então a mulher disse a Saul: Vejo deuses que sobem da terra.

14 E lhe disse: Como é a sua figura? E disse ela: Vem subindo um homem ancião, e está envolto numa capa.Entendendo Saul que era Samuel, inclinou-se com o rosto em terra, e se prostrou.

Analisemos o texto acima:

1 – No versículo 6, lemos que Saul consultou a Deus, por meio dos seus servos, os profetas, por sonhos e por Urim, porém ELE NÃO RESPONDEU;

2 – Nos versículos 7 e 8, lemos que Saul pediu a uma feiticeira que “fizesse subir” ao profeta de Deus, Samuel. Impossível!

– De acordo com a Palavra de Deus, a Bíblia, Ele nunca “fez subir”, por feiticeiras ou profetas, em época alguma, ninguém.

– Deus não respondeu a Saul por meio dos seus servos, os profetas. Por que, então, Deus responderia a Saul por meio de uma feiticeira que Ele sempre abominou? Deus nunca respondeu a Saul por meio de uma maldita feiticeira. Deus não se contradiz!

DEUS CONDENA CONSULTAS a FEITICEIROS e a MORTOS

É muito interessante como os “espíritos” que se manifestam em sessões espíritas, sejam Kardessistas ou não, usam nomes idênticos. Não podem ser “as mesmas pessoas” porque o Único que tem o atributo de estar em todos os lugares ao mesmo tempo (ONIPRESENÇA) é Deus. Ninguém mais!

Isaías 8:

19 Quando, pois, vos disserem: Consultai os que têm espíritos familiares e os adivinhos, que chilreiam e murmuram: Porventura não consultará o povo a seu Deus? A favor dos vivos consultar-se-á aos mortos?

Isaías 19:

3 E o espírito do Egito se esvaecerá no seu interior, e destruirei o seu conselho; e eles consultarão aos seus ídolos, e encantadores, e aqueles que têm espíritos familiares e feiticeiros.

4 E entregarei os egípcios nas mãos de um senhor cruel, e um rei rigoroso os dominará, diz o Senhor, o SENHOR dos Exércitos.

5 E secarão as águas do mar, e o rio se esgotará e ressequirá.

Deuteronômio 18:

9 Quando entrares na terra que o SENHOR teu Deus te der, não aprenderás a fazer conforme as abominações daquelas nações.

10 Entre ti não se achará quem faça passar pelo fogo a seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro;

11 Nem encantador, nem quem consulte a um espírito adivinhador, nem mágico, nem quem consulte os mortos;

12 Pois todo aquele que faz tal coisa é abominação ao SENHOR; e por estas abominações o SENHOR teu Deus os lança fora de diante de ti.

13 Perfeito serás, como o SENHOR teu Deus.

14 Porque estas nações, que hás de possuir, ouvem os prognosticadores e os adivinhadores; porém a ti o SENHOR teu Deus não permitiu tal coisa.

Oséias 4:

10 Comerão, mas não se fartarão; entregar-se-ão à luxúria, mas não se multiplicarão; porque deixaram de atentar ao SENHOR.

11 A luxúria, e o vinho, e o mosto tiram o coração.

12 O meu povo consulta a sua madeira, e a sua vara lhe responde, porque o espírito da luxúria os engana, e prostituem-se, apartando-se da sujeição do seu Deus.

3 – No versículo 14, de I Samuel 28, lemos que Saul ENTENDEU que era Samuel. Com certeza, NÃO ERA Samuel! Era um demônio transfigurado.

Leia o que acontecerá com os FEITICEIROS:

Apocalipse 21:

8 Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos fornicadores, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte.

NINGUÉM NUNCA “REENCARNOU”,

MAS MUITOS RESSUSCITARAM!

De acordo com a Palavra de Deus, a Bíblia, RESSUSCITAR é o espírito, após a morte, voltar para o mesmo corpo. Neste caso, o espírito voltando para o corpo que morreu o faz reviver. Temos alguns exemplos, na Bíblia:

Observamos que TODOS os que RESSUSCITARAM são de Deus e os que RESSUSCITARÃO, com o advento da volta do Senhor Jesus Cristo, também são de Deus.

Lázaro RESSUSCITOU:

João 11:

12 Disseram, pois, os seus discípulos: Senhor, se dorme, estará salvo.

13 Mas Jesus dizia isto da sua morte; eles, porém, cuidavam que falava do repouso do sono.

14 Então Jesus disse-lhes claramente: Lázaro está morto;

17 Chegando, pois, Jesus, achou que já havia quatro dias que estava na sepultura.

23 Disse-lhe Jesus: Teu irmão há deressuscitar.

39 Disse Jesus: Tirai a pedra. Marta, irmã do defunto, disse-lhe: Senhor, já cheira mal, porque é já de quatro dias.

40 Disse-lhe Jesus: Não te hei dito que, se creres, verás a glória de Deus?

41 Tiraram, pois, a pedra de onde o defunto jazia. E Jesus, levantando os olhos para cima, disse: Pai, graças te dou, por me haveres ouvido.

42 Eu bem sei que sempre me ouves, mas eu disse isto por causa da multidão que está em redor, para que creiam que tu me enviaste.

43 E, tendo dito isto, clamou com grande voz: Lázaro, sai para fora.

44 E o defunto saiu, tendo as mãos e os pés ligados com faixas, e o seu rosto envolto num lenço. Disse-lhes Jesus: Desligai-o, e deixai-o ir.

Tabita RESSUSCITOU:

Atos 9:

36 E havia em Jope uma discípula chamada Tabita, que traduzido se diz Dorcas. Esta estava cheia de boas obras e esmolas que fazia.

37 E aconteceu naqueles dias que, enfermando ela, morreu; e, tendo-a lavado, a depositaram num quarto alto.

40 Mas Pedro, fazendo sair a todos, pôs-se de joelhos e orou: e, voltando-se para o corpo, disse: Tabita, levanta-te. E ela abriu os olhos, e, vendo a Pedro, assentou-se.

41 E ele, dando-lhe a mão, a levantou e, chamando os santos e as viúvas, apresentou-lha viva.

Êutico foi RESSUSCITADO:

Atos 20:

9 E, estando um certo jovem, por nome Êutico, assentado numa janela, caiu do terceiro andar, tomado de um sono profundo que lhe sobreveio durante o extenso discurso de Paulo; e foi levantado morto.

10 Paulo, porém, descendo, inclinou-se sobre ele e, abraçando-o, disse: Não vos perturbeis, que a sua alma nele está.

11 E subindo, e partindo o pão, e comendo, ainda lhes falou largamente até à alvorada; e assim partiu.

12 E levaram vivo o jovem, e ficaram não pouco consolados.

Muitos SALVOS foram RESSUSCITADOS no momento da morte de Jesus:

Mateus 27:

50 E Jesus, clamando outra vez com grande voz, rendeu o espírito.

51 E eis que o véu do templo se rasgou em dois, de alto a baixo; e tremeu a terra, e fenderam-se as pedras;

52 E abriram-se os sepulcros, e muitos corposde santos que dormiam foram ressuscitados;

53 E, saindo dos sepulcros, depois da ressurreição dele, entraram na cidade santa, e apareceram a muitos.

O próprio Jesus Cristo RESSUSCITOU:

Lucas 24:

1 E no primeiro dia da semana, muito de madrugada, foram elas ao sepulcro, levando as especiarias que tinham preparado, e algumas outras com elas.

2 E acharam a pedra revolvida do sepulcro.

3 E, entrando, não acharam o corpo do Senhor Jesus.

4 E aconteceu que, estando elas muito perplexas a esse respeito, eis que pararam junto delas dois homens, com vestes resplandecentes.

5 E, estando elas muito atemorizadas, e abaixando o rosto para o chão, eles lhes disseram: Por que buscais o vivente entre os mortos?

6 Não está aqui, mas ressuscitou. Lembrai-vos como vos falou, estando ainda na Galiléia,

7 Dizendo: Convém que o Filho do homem seja entregue nas mãos de homens pecadores, e seja crucificado, e ao terceiro dia ressuscite.

8 E lembraram-se das suas palavras.

38 E ele lhes disse: Por que estais perturbados, e por que sobem tais pensamentos aos vossos corações?

39 Vede as minhas mãos e os meus pés, que sou eu mesmo; apalpai-me e vede, pois um espírito não tem carne nem ossos, como vedes que eu tenho.

O Senhor Jesus Cristo RESSUSCITARÁ os salvos, na sua VOLTA:

I Tessalonicenses 4:

13 Não quero, porém, irmãos, que sejais ignorantes acerca dos que já dormem, para que não vos entristeçais, como os demais, que não têm esperança.

14 Porque, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também aos que em Jesus dormem, Deus os tornará a trazer com ele.

15 Dizemo-vos, pois, isto, pela palavra do Senhor: que nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, não precederemos os que dormem.

16 Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristoressuscitarão primeiro.

17 Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor.

18 Portanto, consolai-vos uns aos outros com estas palavras.

OS QUE NÃO SÃO DE DEUS TAMBÉM RESSUSCITARÃO

Leia o que a Palavra de Deus, a Bíblia, afirma sobre a RESSURREIÇÃO DOS NÃO SALVOS:

Apocalipse 20:

4 E vi tronos; e assentaram-se sobre eles, e foi-lhes dado o poder de julgar; e vi as almas daqueles que foram degolados pelo testemunho de Jesus, e pela palavra de Deus, e que não adoraram a besta, nem a sua imagem, e não receberam o sinal em suas testas nem em suas mãos; e viveram, e reinaram com Cristo durante mil anos.

5 Mas os outros mortosnão reviveram, até que os mil anos se acabaram. Esta é a primeira ressurreição.

6 Bem-aventurado e santo aquele que tem parte na primeira ressurreição; sobre estes não tem poder a segunda morte; mas serão sacerdotes de Deus e de Cristo, e reinarão com ele mil anos.

11 E vi um grande trono branco, e o que estava assentado sobre ele, de cuja presença fugiu a terra e o céu; e não se achou lugar para eles.

12 E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante de Deus, e abriram-se os livros; e abriu-se outro livro, que é o da vida. E os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras.

13 E deu o mar os mortos que nele havia; e a morte e o inferno deram os mortos que neles havia; e foram julgados cada um segundo as suas obras.

14 E a morte e o inferno foram lançados no lago de fogo. Esta é a segunda morte.

15 E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo.

Daniel 12:

1 E naquele tempo se levantará Miguel, o grande príncipe, que se levanta a favor dos filhos do teu povo, e haverá um tempo de angústia, qual nunca houve, desde que houve nação até àquele tempo; mas naquele tempo livrar-se-á o teu povo, todo aquele que for achado escrito no livro.

2 E muitosdos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para vida eterna, e outros para vergonha e desprezo eterno.

No versículo 2, lemos “dormem no pó da terra”. Este termo é utilizado com referência ao CORPO que está como em estado de sono; inerte. Já vimos, anteriormente, em alguns textos que essa forma de expressão “dormir” indica o estado de morte do CORPO e não do ESPÍRITO.

Por exemplo:

Na história do RICO e LÁZARO, já vimos que LÁZARO morreu e seu espírito foi para o “SEIO DE ABRAÃO” e o RICO para o INFERNO:

Lucas 16:

22 E aconteceu que o mendigo morreu, e foi levado pelos anjos para o seio de Abraão; e morreu também o rico, e foi sepultado.

23 E no inferno, ergueu os olhos, estando em tormentos, e viuao longe Abraão, e Lázaro no seu seio.

A história de Lázaro:

João 11:

11 Assim falou; e depois disse-lhes: Lázaro, o nosso amigo, dorme, mas vou despertá-lo do sono.

12 Disseram, pois, os seus discípulos: Senhor, se dorme, estará salvo.

13 Mas Jesus dizia isto da sua morte; eles, porém, cuidavam que falava do repouso do sono.

14 Então Jesus disse-lhes claramente: Lázaro está morto;

Muitos SALVOS foram RESSUSCITADOS no momento da morte de Jesus:

Mateus 27:

50 E Jesus, clamando outra vez com grande voz, rendeu o espírito.

51 E eis que o véu do templo se rasgou em dois, de alto a baixo; e tremeu a terra, e fenderam-se as pedras;

52 E abriram-se os sepulcros, e muitos corposde santos que dormiam foram ressuscitados;

53 E, saindo dos sepulcros, depois da ressurreição dele, entraram na cidade santa, e apareceram a muitos.

Os salvos que ressuscitarão com o advento da volta do Senhor Jesus Cristo:

I Tessalonicenses 4:

13 Não quero, porém, irmãos, que sejais ignorantes acerca dos que já dormem, para que não vos entristeçais, como os demais, que não têm esperança.

14 Porque, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também aos que em Jesus dormem, Deus os tornará a trazer com ele.

15 Dizemo-vos, pois, isto, pela palavra do Senhor: que nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, não precederemos os que dormem.

16 Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristoressuscitarão primeiro.

17 Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor.

18 Portanto, consolai-vos uns aos outros com estas palavras.

BOAS OBRAS POR AMOR

OU POR BARGANHA e INTERESSES MESQUINHOS?

O ESPIRITISMO, a exemplo de outras religiões, decidiu que Deus aceita barganhas para salvar o homem. Utilizam a máxima que afirma: “Fora da caridade não há salvação”.

Salmos 116:

12 Que darei eu ao SENHOR, por todos os benefícios que me tem feito?

Será que o ser humano tem alguma coisa que Deus necessite? Deus é o CRIADOR de TODAS AS COISAS. Deus tem e faz tudo o que quiser.

Deus não necessita de ninguém para nada. Por isto, pelo seu grande amor, dá oportunidade ao homem para se arrepender dos pecados e se converter ao seu Filho, Jesus Cristo.

Atos 17:

30 Mas Deus, não tendo em conta os tempos da ignorância, anuncia agora a todos os homens, e em todo o lugar, que se arrependam;

Atos 3:

19 Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados, e venham assim os tempos do refrigério pela presença do Senhor,

O homem, por ser pecador, não pode FAZER obra alguma que lhe dê direito à salvação. É o próprio Deus, em sua Palavra, a Bíblia, que afirma isto. A salvação é de graça e pela graça de Deus, apenas pelo sangue que o Senhor Jesus Cristo derramou, na cruz, como único pagamento pelos pecados que nunca foram dEle, mas de cada homem pecador. Leia:

Tito 3:

5 não em virtude de obras de justiça que nós houvéssemos feito, mas segundo a sua misericórdia, nos salvoumediante o lavar da regeneração e renovação pelo Espírito Santo,

Efésios 2:

8 Porque pela graça sois salvos, por meio da fé, e isto não vem de vós, é dom de Deus;

9 não vem das obras, para que ninguém se glorie.

Romanos 5:

12 Portanto, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens por isso que todos pecaram.

Romanos 3:

10 Como está escrito: Não há um justo, nem um sequer.

21 Mas agora se manifestou sem a lei a justiça de Deus, tendo o testemunho da lei e dos profetas;

22 Isto é, a justiça de Deus pela fé em Jesus Cristo para todos e sobre todos os que crêem; porque não há diferença.

23 Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus;

24 Sendo justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus.

25 Ao qual Deus propôs para propiciação pela fé no seu sangue, para demonstrar a sua justiça pela remissão dos pecados dantes cometidos, sob a paciência de Deus;

26 Para demonstração da sua justiça neste tempo presente, para que ele seja justo e justificador daquele que tem fé em Jesus.

A maior parte das pessoas do mundo faz “boas obras” com interesses em ter alguma recompensa como, por exemplo, o reconhecimento de outros homens, e de Deus. Acham que Deus anotará em um “caderninho do céu” cada “boa obra” que fizerem.

O próprio Senhor Jesus Cristo combateu muito essa prática e deu exemplo de si próprio. O Senhor Jesus Cristo veio morrer na cruz, pagando o preço pelos pecados de homens que só merecerem a condenação eterna da alma. É por isto que a Palavra de Deus afirma:

João 3:

16 Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

Romanos 5:

8 Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores.

9 Logo muito mais agora, tendo sido justificados pelo seu sangue, seremos por ele salvos da ira.

O Senhor Jesus Cristo não apenas falou, mas provou que ama verdadeiramente o homem. Cumpriu a sua obra salvadora sem receber nada em troca. O homem só necessita se arrepender dos pecados e se converter ao Senhor Jesus Cristo. Nada mais!

Atos 3:

19 Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados, e venham assim os tempos do refrigério pela presença do Senhor,

Os que fazem as verdadeiras BOAS OBRAS sabem que não receberão recompensa de salvação para isto.

As boas obras são verdadeiras quando são feitas POR AMOR e não para obtenção de alguma recompensa. Mesmo assim são insuficientes para pagarem o preço pela salvação da alma.

Havia um homem, chamado Cornélio, que fazia muitas boas obras, de verdade. Deus, que conhece todos os nossos pensamentos, sabia que Cornélio fazia as boas obras sem desejo de barganhar ou de receber recompensa de salvação, por isto.

Atos 10:

1 E havia em Cesaréia um homem por nome Cornélio, centurião da coorte chamada italiana,

2 Piedoso e temente a Deus, com toda a sua casa, o qual fazia muitas esmolas ao povo, e de contínuo orava a Deus.

3 Este, quase à hora nona do dia, viu claramente numa visão um anjo de Deus, que se dirigia para ele e dizia: Cornélio.

4 O qual, fixando os olhos nele, e muito atemorizado, disse: Que é, Senhor? E disse-lhe: As tuas orações e as tuas esmolas têm subido para memória diante de Deus;

5 Agora, pois, envia homens a Jope, e manda chamar a Simão, que tem por sobrenome Pedro.

6 Este está com um certo Simão curtidor, que tem a sua casa junto do mar. Ele te dirá o que deves fazer.

7 E, retirando-se o anjo que lhe falava, chamou dois dos seus criados, e a um piedoso soldado dos que estavam ao seu serviço.

21 E, descendo Pedro para junto dos homens que lhe foram enviados por Cornélio, disse: Sou eu a quem procurais; qual é a causa por que estais aqui?

22 E eles disseram: Cornélio, o centurião, homem justo e temente a Deus, e que tem bom testemunho de toda a nação dos judeus, foi avisado por um santo anjo para que te chamasse a sua casa, e ouvisse as tuas palavras.

23 Então, chamando-os para dentro, os recebeu em casa. E no dia seguinte foi Pedro com eles, e foram com ele alguns irmãos de Jope.

34 E, abrindo Pedro a boca, disse: Reconheço por verdade que Deus não faz acepção de pessoas;

35 Mas que lhe é agradável aquele que, em qualquer nação, o teme e faz o que é justo.

36 A palavra que ele enviou aos filhos de Israel, anunciando a paz por Jesus Cristo (este é o Senhor de todos);

37 Esta palavra, vós bem sabeis, veio por toda a Judéia, começando pela Galiléia, depois do batismo que João pregou;

40 A este ressuscitou Deus ao terceiro dia, e fez que se manifestasse,

42 E nos mandou pregar ao povo, e testificar que ele é o que por Deus foi constituído juiz dos vivos e dos mortos.

43 A este dão testemunho todos os profetas, de que todos os que nele crêem receberão o perdão dos pecados pelo seu nome.

44 E, dizendo Pedro ainda estas palavras, caiu o Espírito Santo sobre todos os que ouviam a palavra.

45 E os fiéis que eram da circuncisão, todos quantos tinham vindo com Pedro, maravilharam-se de que o dom do Espírito Santo se derramasse também sobre os gentios.

Atos 11:

14 O qual te dirá palavras com que te salves, tu e toda a tua casa.

15 E, quando comecei a falar, caiu sobre eles o Espírito Santo, como também sobre nós ao princípio.

Observe que o versículo 1 não diz “havia um discípulo”, mas havia “um homem”.

Cornélio era “Piedoso e temente a Deus, com toda a sua casa, o qual fazia muitas esmolas ao povo, e de contínuo orava a Deus.”

Se a salvação fosse pelos motivos acima, Deus já o teria considerado como discípulo ou salvo. Isto não ocorreu. Ele necessitou ouvir o evangelho e se converter ao Senhor Jesus Cristo para ser salvo.

E eu, irmãos, apliquei estas coisas, por semelhança, a mim e a Apolo, por amor de vós; para que em nós aprendais a não ir além do que está escrito, não vos ensoberbecendo a favor de um contra outro.”

I Coríntios 4:6

Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça;

Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra.

II Timóteo 3:16 e 17

______________________________________________________________

Fonte de “O Evangelho Segundo o Espíritismo”, de Allan Kardec: As transcrições de trechos de “O Evangelho Segundo o Espiritismo” são da 5ª edição, da Tradução de Albertina Escudeiro Sêco, do Centro Espírita Léon Denis.

______________________________________________________________

TESTEMUNHOS DE EX ESPÍRITAS

TESTEMUNHO 1

From: Adlson Gomes

Sent: Saturday, September 01, 2012 3:50 AM

To: undisclosed-recipients:

Subject: Allan Kardec – a malandragem é desmascarada.

Kardec, um exímio mentiroso, um malandro que deixou um furo, a mentira desmascarada.

o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus.” (II Coríntios 4 : 4)

Infelizmente temos que retomar a velha temática da mentira do espiritismo kardecista. Ontem, na página da Gazeta do Povo, vimos mais uma vez um texto onde há exaltação à mentira, à fraca malandragem do codificador espírita, Alan Kardec.

Os seguidores de Kardec gostam de exaltá-lo por ele, malandramente, haver dito:

– “De tal forma, o pensamento científico norteia os princípios da codificação realizada por Allan Kardec e ele, ao se pronunciar a respeito da validade do pensamento dos imortais que inspiraram o aparecimento do espiritismo no mundo, nos diz em sua lucidez e extremo bom senso que, se um dia a ciência provasse que o espiritismo estivesse errado em seus postulados, que ficássemos com a ciência.”

Se nós não houvéssemos lido as obras abaixo, o exímio mentiroso poderia até passar, aos nossos olhos, por sábio:

Em 1864, “A Lei do Antigo Testamento, a primeira revelação, está personificada em Moisés; a segunda é a do Novo Testamento, do Cristo; o Espiritismo é a terceira revelação da Lei de Deus.” (Livro: Evangelho segundo o espiritismo, de A. Kardec)

Em 1868, “O caráter essencial da revelação divina é a da eterna verdade. Toda revelação eivada de erros, ou sujeita a modificações, não pode emanar de Deus.” (Fundamentos da revelação espírita, Livro A Gênese, de A. Kardec)

A cegueira, o fanatismo religioso é tamanho, que a matéria publicada na Gazeta “não enxerga” que Kardec afirmava ser a doutrina espírita a “terceira revelação da lei de deus”, caracterizando que tal revelação seja uma “eterna verdade”. Poderia uma “eterna verdade” ter seus postulados desfeitos por uma ciência? Afinal, ele era o codificador de uma “eterna verdade” ou não?

Somente há uma possibilidade para o que postulava Kardec – a mentira. Sabendo que não era portador de verdade alguma, usou de fraca malandragem para ficar bem na foto. É como se ele dissesse “se a eterna verdade que estou revelando vier a ser contrariada por alguma ciência, fiquem com a ciência”. Dessa forma, para seus tolos seguidores, aparece como alguém de “lucidez e extremo bom senso”, conforme vimos na matéria acima. Mesmo assim, vejamos um dos “postulados” onde a ciência contrariou os espíritos superiores de Kardec:

O racismo – a existência de raças inferiores (os negros e os selvagens):

– “PERGUNTA: Se tomardes de um menino hotentote1 {http://pt.wikipedia.org/wiki/Khoisan} recém-nascido e o educardes nos nossos melhores liceus, fareis dele algum dia um Laplace ou um Newton? RESPOSTA: Qual a filosofia ou a teosofia capaz de resolver estes problemas? É fora de dúvida que, ou as almas são iguais ao nascerem, ou são desiguais. Se são iguais, por que, entre elas, tão grande diversidade de aptidões? Dir-se-á que isso depende do organismo. Mas, então, achamo-nos em presença da mais monstruosa e imoral das doutrinas. (…) Se almas são desiguais, é que Deus as criou assim. Nesse caso, porém, por que a inata superioridade concedida a algumas?” (Livro dos Espíritos)

A agravante não está na pergunta dele, mas na resposta “inspirada” pelos espíritos que diz serem superiores, que reforçam a ideia de raça inferior. Os seguidores de Kardec o exaltam por ser ele um educador, estudou com Pestalozzi. Kardec, um pedagogo, afirmando que nenhum sistema educacional é capaz de desenvolver um negro ao grau de um grande cientista. Que doutrina asquerosa!

Mais adiante o livro chega a citar outro absurdo “À vista da sexta interrogação acima, dirão naturalmente que o hotentote é de raça inferior. Perguntaremos, então, se o hotentote é ou não um homem. Se é, por que a ele e à sua raça privou Deus dos privilégios concedidos à raça caucásica? Se não é, por que tentar fazê-lo cristão? A Doutrina Espírita tem mais amplitude do que tudo isto. Segundo ela, não há muitas espécies de homens” – “espécies de homens?”, que porcaria de “eterna verdade” é essa?

O mesmo racismo é revelado com relação aos selvagens (vamos simplificar por causa do espaço): “Se, pois, achando-vos numa região habitada exclusivamente por selvagens, descobrirdes uma estátua digna de Fídias, não hesitareis em dizer que, sendo incapazes de tê-la feito os selvagens, ela é obra de uma inteligência superior à destes”. Quer dizer que a inteligência está associada ao local de nascimento – selva e à etnia e a dos selvagens é inferior?

Intitulamos Kardec como “exímio mentiroso”, pois tendo propagado essas “revelações divinas”, já contrariadas por todas as ciências, recruta seguidores há quase um século e meio. Muitos, cooptados no seio da mais elevada intelectualidade. Seus seguidores dizem que essa pérfida doutrina é uma ciência, uma filosofia e uma religião.

Alguns, mesmo não conseguindo rebater uma vírgula sequer do que escrevemos, permanecerão em sua obstinação religiosa. Felizmente, temos visto muitas almas serem libertas dessas algemas religiosas. Eu, que hoje escrevo contra essa eterna mentira, sou exemplo, pois fui liberto de grossas correntes dessa religião.

Pensemos! Alguém que nos traz uma “revelação de deus”, afirmando ser ela uma “eterna verdade” e nos alerta “com lucidez e extremo bom senso” que se a ciência viesse contrariar essa revelação, ficássemos com a ciência – isso só já bastaria para desconfiar da tal revelação, afinal o codificador admitiu haver possibilidade de ser desfeita. Passado pouco tempo, a ciência, de fato, provou estar errada a tal “revelação de deus”, a tal “eterna verdade”. Qual seria a conduta correta dos seguidores dessa revelação? Em que resultaria a tal revelação? Ora, a reação mais racional, mais coerente das pessoas seria o esvaziamento da doutrina. Entretanto, ocorre exatamente o contrário, o que é bastante explicado nas Escrituras:

– “A esse cuja vinda é segundo a eficácia de Satanás, com todo o poder, e sinais e prodígios de mentira, E com todo o engano da injustiça para os que perecem, porque não receberam o amor da verdade para se salvarem. E por isso Deus lhes enviará a operação do erro, para que creiam na mentira; Para que sejam julgados todos os que não creram na verdade, antes tiveram prazer na iniquidade.” (2ª Tessalonicenses cap 2)

A malandragem de Kardec é desmascarada, mas seus seguidores continuarão a exaltá-lo como sábio. Porém, aos que compreenderam e quiserem libertar-se fica a mensagem de que Deus nos perdoa: “Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados, e venham assim os tempos do refrigério pela presença do SENHOR”(Atos cap3)

GRAÇA E PAZ!

ADILSON

=============================================

=============================================

TESTEMUNHO 2

Em Domingo, 26 de Janeiro de 2014 12:49,

Flaviano Filho < > escreveu:

JÁ FUI ESPÍRITA

Meu caminho pelo espiritismo foi longo, estudei muito. Meu amor por Jesus sempre foi muito grande, mas não o encontrava nas reuniões. Questionava-me: onde está o Filho de Deus agora? Troquei os Santos da Igreja Católica pelos espíritos que não conheço? A Palavra de Deus se resume em fazer o bem ao próximo? Pra que procurar espíritos se posso ter o Espírito Santo perto de mim? Por que orar a entidades se posso orar a Jesus, meu Salvador? Só quando senti a presença do Cristo vivo em mim, entendi essas coisas.

Passei a estudar a raiz das coisas, voltei-me para a Bíblia. NUNCA ACEITEI O FATO DO ESPÍRITA OU DO MÍSTICO ACREDITAR EM ALGUMAS PASSAGENS DA BÍBLIA E ALEGAR QUE OUTRAS TERIAM SIDO MODIFICADAS. OU SE ACREDITA OU NÃO SE ACREDITA NAS ESCRITURAS SAGRADAS. COMO E COM QUE PARÂMETROS SE CRÊ EM ALGUMAS PASSAGENS E SE JULGA OUTRAS COMO ENGANOSAS OU ALTERADAS PELO HOMEM???

Ao comparar as diferentes cópias do texto da Bíblia entre si e com os originais disponíveis, menos de 1% do texto apresentou dúvidas ou variações, portanto, 99% do texto da Bíblia é puro. Vale lembrar que o mesmo método (crítica textual) é usado para avaliar outros documentos históricos, como a Ilíada de Homero, por exemplo.

Os 39 livros que compõem o Antigo Testamento (sem a inclusão dos apócrifos) estavam compilados desde cerca de 400 a.C., sendo aceitos pelo cânon Judaico, e também pelos Protestantes, Católicos Ortodoxos, Igreja Católica Russa, e parte da Igreja Católica tradicional

Os líderes do judaísmo em Alexandria foram responsáveis por uma tradução do Antigo Testamento hebraico para o grego, que integraria a Biblioteca de Alexandria, e foi chamada de Septuaginta (LXX), que significa setenta. Esta tradução já estava concluída em 150 a.C. e foi feita por eruditos judeus e gregos, provavelmente para o uso dos judeus alexandrinos. Assim que a igreja primitiva passou a utilizar a Septuaginta como Antigo Testamento, a comunidade judaica perdeu o interesse em sua preservação. Esta versão teve um papel muito importante para o estudo e divulgação do Antigo Testamento em outras línguas, já que os textos hebraicos apresentam grande dificuldade de compreensão. [NOTA DE HÉLIO: A SEPTUAGINTA É UMA FRAUDE, VEJA PROVAS NO MEU SITE]

Os Manuscritos ou Documentos do Mar Morto tiveram grande impacto na visão da Bíblia, pois fornecem espantosa confirmação da fidelidade dos textos massoréticos aos originais. O estudo da cerâmica dos jarros e a datação por carbono 14 estabelece que os documentos foram produzidos entre 168 a.C. e 233 d.C. Destacam-se, nestes documentos, textos do profeta Isaías, fragmentos de um texto do profeta Samuel, textos de profetas menores, parte do livro de Levítico e um targum (paráfrase) de Jó.

A veracidade dos escritos pode ser comprovada historicamente pelos motivos abaixo:

Os Escritos de Marcos datam de 50 a 70 d.C.;

Vários papiros contendo fragmentos do Evangelho de João foram encontrados no Egito, datando do século II, apenas uma geração após os autógrafos;

Os escritos foram redigidos num momento muito próximo aos acontecimentos que os geraram;

Existem cerca de 5400 escritos do Novo Testamento;

O estilo dos escritos confere com aqueles utilizados no século I (grego coiné)

Inscrições e gravações em paredes, pilares, moedas e outros lugares são testemunhos do Novo Testamento;

Lecionários, que eram livros muito utilizados nos cultos da Igreja, continham textos selecionados da Bíblia para leitura, incluindo o Novo Testamento (Séc. IV – VI);

Os livros apócrifos, apesar de não canônicos, apresentam dependência literária dos textos canônicos, chegando a imitá-los no conteúdo e forma literária, e citam vários livros que compõem o Novo Testamento;

Os primeiros pais da Igreja comentam e fazem citações de praticamente todo o Novo Testamento.

Vale lembrar que os Evangelhos, que inauguram o Novo Testamento e contém os ensinamentos de Jesus, o Cristo, foram escritos por testemunhas oculares, à exceção do Evangelho de Lucas. Como sabem, Lucas era meu colega, e como todo bom médico teve espírito de investigador. O próprio Lucas falou no primeiro capítulo:

“1 Visto que muitos têm empreendido fazer uma narração coordenada dos fatos que entre nós se realizaram,

2 segundo no-los transmitiram os que desde o princípio foram testemunhas oculares e ministros da palavra,

3 também a mim, depois de haver investido tudo cuidadosamente desde o começo, pareceu-me bem, ó excelentíssimo Teófilo, escrever-te uma narração em ordem.

4 para que conheças plenamente a verdade das coisas em que foste instruído.”

Os conceitos do espiritismo não datam de 1800 e pouco como se propaga via Alan Kardec, mas de centenas de anos antes de Cristo. Cristo veio mostrar a VERDADE em meio a crenças fantasiosas ! “Eu sou o caminho, a verdade e a vida, ninguém vem ao Pai senão por mim”. A crença na reencarnação é simplista e sem consistência, originária da cultura popular hindu e compartilhada por mais de 765 milhões de pessoas, não cristãs. O Hinduísmo prega três princípios:

A identificação: Todos somos filhos dos Deuses <Eles são politeístas> ;

O carma: lei da ação e efeito – segundo obras boas, reencarnamos com menos atribulações, se por más obras, reencarnamos doentes, desafortunados ou coisa parecida;

A Reencarnação; é a terceira verdade para o Hindu – o termo significa “vida que se recorda”, que afirma que de nascimento em nascimento temos a oportunidade de melhorar nossa alma, fundindo-a a Deus. Para os Hindus, nada mais lógico, já que a ressurreição para eles, assim como a existência de um Filho de Deus na Terra não é verdadeira. Muitos respeitam o Cristo como um homem “iluminado”. Alguma semelhança com a doutrina espirita?… O espiritismo não só induz a negação da ressurreição de Nosso Senhor, como a torna inútil, sem propósito. Vamos estudar:

Não há uma só passagem na Bíblia que concretamente afirme a possibilidade de um morto retornar em outro corpo distinto, em outra época ou outro sexo. Existem sim, várias que mostram a ressurreição (Lázaro, outros e o próprio Cristo). O que mais se aproximaria, seria a correlação de Elias com João Batista, o que os espíritas usam sem muita fundamentação. Fiz esse estudo recentemente. Esse estudo foi fundamental para minha firmeza na Palavra, contra a reencarnação. Como Elias poderia ser João Batista se quando João Batista estava preso sob as mão de Herodes, Elias apareceu para Cristo, no deserto <durante a transfiguração> !? Por que quando os fariseus perguntaram a João Batista , “és tu o Elias?”, ele disse “Não”, firme?!? Disse e não negou – só se nega o que é mentira. Li todas as passagens sobre o assunto, não há convencimento na reencarnação. “… e o pó volte para a terra como o era, e o espírito volte a Deus que o deu (Eclesiates 12:7)”. No espiritismo se diz que o espírito volta à carne tantas vezes forem necessárias. Mas não volta a carne, volta a Deus para na era vindoura ser julgado. Com essa crença, onde fica o poder de Deus? Lendo um pouquinho só você vai observar que espíritos de mortos controlariam todos os planos superiores, “curando” e ajudando os outros espíritos a se elevarem!!!

“Todavia, agora que é morta, por que ainda jejuaria eu? Poderei eu fazê-la voltar? Eu irei para ela, porém ela não voltará para mim.” (II Sam 12:23) Disse o Rei Davi, com sua sabedoria, ao perder a filha doente. Caso ela reencarnasse repetidas vezes, com que forma ressuscitaria !!? Como Davi iria ter com ela? Ele irá ter com ela porque ela permanecerá como morreu e ambos ressuscitarão.

Depois de muitos anos entendi o sentido da morte e Ressurreição de Cristo – “pra que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”. Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a nós mesmos é a síntese do Cristianismo. No juízo final, imaginemos um espírita que fez obras e mais obras muitas vezes visando o beneficio próprio, por estar pensando em encurtar seu número de vidas até ser julgado. Imaginemos agora um homem que iria sacrificar seu filho como prova pelo amor do Pai, como Abraão foi provado, quando Deus-Pai solicitou o Holocausto de Isaque. Quem seria salvo? Abrão, por ter amado a Deus sobre todas as coisas. O que Deus quis mostrar foi isso, e não que é preciso matar o filho para ter a salvação !!!

Qual foi o propósito da vinda de Cristo? Provar o amor do pai por nós. Como Deus pediu uma prova a Abraão nos ofereceu na mesma moeda, nos dando seu Filho. Não existe maior prova e nenhuma outra é necessária para buscarmos nossa Salvação. Para quê, Senhor, reencarnarmos se já nos deu Seu filho em sacrifício para provar seu amor por nós?? Como para Abraão, seria o maior dos sacrifícios, para Ti também o foi!!! Que chances precisamos mais? Nós que nascemos depois de Cristo somos abençoados por termos sido presenteados com a verdade, mas também seremos mais cobrados. A verdade está aí, firme. Não precisamos morrer e reencarnar! O fato já está aí, há 2000 anos! Precisamos morrer em vida e nascer de novo! “Quem não crê, perece. Quem crê, terá a vida eterna. Precisarmos de reencarnação para melhorarmos, seria invalidar o propósito da vinda de Cristo. Nada seria maior que a morte de um Filho como prova de Amor, e Deus nos deu. Nos deu e disse; creia em mim!! Eu os amo!!! Para os não-cristãos, a reencarnação é a salvação.

Não existe nenhuma passagem na Bíblia que admita a comunicação com mortos ou benignidade dos espíritos que se comunicam ou a legalidade dessa comunicação.

Leia com oração o que disse Cristo ao orientar os apóstolos para o ministério:

Mateus 10

“11 Em qualquer cidade ou aldeia em que entrardes, procurai saber quem nela é digno, e hospedai-vos aí até que vos retireis.

12 E, ao entrardes na casa, saudai-a;

13 se a casa for digna, desça sobre ela a vossa paz; mas, se não for digna, torne para vós a vossa paz.

14 E, se ninguém vos receber, nem ouvir as vossas palavras, saindo daquela casa ou daquela cidade, sacudi o pó dos vossos pés.

15 Em verdade vos digo que, no dia do juízo, haverá menos rigor para a terra de Sodoma e Gomorra do que para aquela cidade.”

Essa passagem é por demais reveladora: Nela , Cristo dava orientação aos apóstolos como procederem. Observe que foi dada uma linda e rica chance de crer, naquelas cidades. Cristo disse, que se a Verdade não fosse aceita, que os apóstolos saíssem dali sem levar nem pó da casa. Caso a reencarnação existisse, como Cristo poderia dizer de antemão que haverá tanto rigor para aquela cidade no dia do Juízo? Como poderia, se aquelas pessoas da cidade reencarnariam sucessivamente e se tornariam melhores aos olhos do Senhor? Para os espíritas o livre-arbítrio nas boas obras norteia o crescimento espiritual. Para os cristãos, o amor de Deus transborda e as boas obras são conseqüência pura desse amor espiritual.

Observe a benignidade de Deus: Haverá menos rigor para Sodoma e Gomorra. Por quê, se viviam com más obras e abominações?? Haverá menos rigor por que eles não tiveram acesso a verdade! Serão julgados apenas pelas ações e não pela entrega espiritual ao Nosso Senhor. Se eles voltassem a encarnar sucessivamente por quê teriam menos rigor??????? Se reencarnassem, seriam julgados todos seguindo os mesmos parâmetros. Quem conhece a verdade, quem nasceu depois de Cristo, terá mais rigor. ISSO É QUE É JUSTIÇA. PRA QUE “OUTRA CHANCE” SE O MAIOR SACRÍFICIO QUE PODERIA SER FEITO POR DEUS FOI FEITO: MANDAR SEU FILHO PARA SER PERSEGUIDO, JULGADO E MORTO, MOSTRANDO-NOS COMO AMOU A DEUS SOBRE TODAS AS COISAS E COMO LOUVOU EM SACRIFÍCIO, COMO FOI RESIGNADO E COMO MANTEVE-SE FIRME NA PALAVRA DE DEUS DURANTE SEU MARTÍRIO EM PROVA DE SEU AMOR ! E FAZÊ-LO RESSUSCITAR PARA REVELAR-NOS O PROPÓSITO E A REALIDADE DA NOSSA SALVAÇÃO??? PARA TODOS QUE NASCEMOS DEPOIS DE CRISTO FOI DADA ESSA GRANDE CHANCE. A VERDADE ESTÁ AÍ, CLARA E CONSISTENTE. POR QUÊ PEDIR MAIS DE NOSSO SENHOR??? HAVERÁ MENOS RIGOR, NÃO SÓ PARA SODOMA E GOMORRA COMO PARA OS IDÓLATRAS ORIENTAIS, GENTIOS, E OUTROS IRMÃOS A QUEM A VERDADE NÃO FOI APRESENTADA.

UMA AMOSTRA DA VERDADE:

Lucas 10

25 E eis que se levantou certo doutor da lei e, para o experimentar, disse: Mestre, que farei para herdar a vida eterna?

26 Perguntou-lhe Jesus: Que está escrito na lei? Como lês tu?

27 Respondeu-lhe ele: Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todas as tuas forças e de todo o teu entendimento, e ao teu próximo como a ti mesmo.

28 Tornou-lhe Jesus: Respondeste bem; faze isso, e viverás.

A lei já estava pronta, mas foi necessário um reforço, e que reforço!!! Cristo veio para nos revelar tudo: Viver no Senhor, conhecer sua lei, louvar em Seu nome, morrer e ressuscitar para o juízo e vida eterna. Cristo veio revelar a nova Lei. A crença na reencarnação é coisa do passado, de muito antes do CAMINHO, VERDADE e VIDA.

Mateus 22

37 Respondeu-lhe Jesus: Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento.

38 Este é o grande e primeiro mandamento.

39 E o segundo, semelhante a este, é: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo.

Deus abomina o contato com espíritos, ou espíritos adivinhadores . Veja essas passagens:

Deuteronômio 10

10 Não se achará no meio de ti quem faça passar pelo fogo o seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro,

11 nem encantador, nem quem consulte um espírito adivinhador, nem mágico, nem quem consulte os mortos;

12 pois todo aquele que faz estas coisas é abominável ao Senhor, e é por causa destas abominações que o Senhor teu Deus os lança fora de diante de ti.

Levítico 20:6,27

6 Quanto àquele que se voltar para os que consultam os mortos e para os feiticeiros, prostituindo-se após eles, porei o meu rosto contra aquele homem, e o extirparei do meio do seu povo.

27 O homem ou mulher que consultar os mortos ou for feiticeiro, certamente será morto. Serão apedrejados, e o seu sangue será sobre eles.

Levítico 19:31

Não vos voltareis para os que consultam os mortos nem para os feiticeiros; não os busqueis para não ficardes contaminados por eles. Eu sou o Senhor vosso Deus.

I Crônicas 10

13 Assim morreu Saul por causa da sua infidelidade para com o Senhor, porque não havia guardado a palavra do Senhor; e também porque buscou a adivinhadora para a consultar,

14 e não buscou ao Senhor; pelo que ele o matou, e transferiu o reino a Davi, filho de Jessé.

4. Nessa Passagem – vi, exultante, que tudo está na Palavra – mostra que devemos morrer como cristãos e diz que o Julgamento começará por nós. Reforça que devemos confiar nossa alma ao Criador e praticar o bem. Onde estão os espíritos adivinhos e a reencarnação? Dentre as abominações…

I Pedro 4

15 Que nenhum de vós, entretanto, padeça como homicida, ou ladrão, ou malfeitor, ou como quem se entremete em negócios alheios;

16 mas, se padece como cristão, não se envergonhe, antes glorifique a Deus neste nome.

Passei 8 anos estudando sobre o espiritismo até chegar ao vazio … Até chegar à questão: Por quê Deus, sendo Bom e Justo, sacrificou seu Filho? Por quê Cristo ressuscitou dentre os mortos, se minha doutrina fala que com boas obras estarei salva – e que se pecar nessa encarnação simplesmente vou nascer de novo… E o Amor do Pai, não me salva – sou apenas eu a responsável pela minha salvação?!? Não, Porque nas orações de abertura e encerramento das reuniões só falam nos espíritos? Onde está o Senhor, nosso Salvador?

5. Outras passagens e breves comentários

a) O espírito solto nesse mundo não é de luz …

Pedro 5:8

“…vigiai. O vosso adversário, o Diabo, anda em derredor, rugindo como leão, e procurando a quem possa tragar.”

b) Não existem, mortes e vidas sucessivas. A ressurreição será “coletiva”. Muitas passagens atestam isso, muitas:

João 5:28-29

28 Não vos admireis disso, porque vem a hora em que todos os que estão nos sepulcros ouvirão a sua voz e sairão:

29 os que tiverem feito o bem, para a ressurreição da vida, e os que tiverem praticado o mal, para a ressurreição do juízo.

“Num momento, num abrir e fechar de olhos, ao som da última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos serão ressuscitados incorruptíveis, e nós seremos transformados.” (I Coríntios 15.52)

I Tessalonicenses Capítulo 4 :16

Porque o Senhor mesmo descerá do céu com grande brado, à voz do arcanjo, ao som da trombeta de Deus, e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro.

c) Os mortos não detêm conhecimentos. A comunicação é feita com espíritos malignos disfarçados

Eclesiastes 9:5,10

5 Pois os vivos sabem que morrerão, mas os mortos não sabem coisa nenhuma, nem tampouco têm eles daí em diante recompensa; porque a sua memória ficou entregue ao esquecimento.

10 Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças; porque no Seol, para onde tu vais, não há obra, nem projeto, nem conhecimento, nem sabedoria alguma.

“Não confieis em príncipes, nem em filho de homem, em quem não há auxílio. Sai-lhe o espírito, e ele volta para a terra; naquele mesmo dia perecem os seus pensamentos.” (Salmos 146:3-4)

Jó 7:8-10

Os olhos dos que agora me vêem não me verão mais; os teus olhos estarão sobre mim, mas não serei mais.

Tal como a nuvem se desfaz e some, aquele que desce à sepultura nunca tornará a subir.

“Os mortos não louvam ao Senhor, nem os que descem ao silêncio; nós, porém, bendiremos ao Senhor, desde agora e para sempre. Louvai ao Senhor.” (Salmos 115:17-18)

2 Coríntios 11:13-15

Pois os tais são falsos apóstolos, obreiros fraudulentos, disfarçando-se em apóstolos de Cristo.

E não é de admirar, porquanto o próprio Satanás se disfarça em anjo de luz.

d) Quem deve ser invocado é Deus, não espíritos …

Isaías 55:6-9

Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto.

Deixe o ímpio o seu caminho, e o homem maligno os seus pensamentos; volte-se ao Senhor, que se compadecerá dele; e para o nosso Deus, porque é generoso em perdoar.

e) Trechos que espíritas usam com freqüência são os seguintes:

Jó 33

27 Cantará diante dos homens, e dirá: Pequei, e perverti o direito, o que de nada me aproveitou.

28 Mas Deus livrou a minha alma de ir para a cova, e a minha vida verá a luz.

29 Eis que tudo isto Deus faz duas e três vezes para com o homem,

30 para reconduzir a sua alma da cova, a fim de que seja iluminado com a luz dos viventes.

Nessa passagem fica claro que ao Homem é dada a chance de se arrepender ANTES de descer para a cova, duas ou três vezes (ou até setenta vezes sete como disse Cristo). Aqui, ver a Luz e ver o amor do Pai e os viventes são os que vivem sob essa Luz. Bom ler o capítulo inteiro, para entender melhor.

João3

3 Respondeu-lhe Jesus: Em verdade, em verdade te digo que se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus.

4 Perguntou-lhe Nicodemos: Como pode um homem nascer, sendo velho? porventura pode tornar a entrar no ventre de sua mãe, e nascer?

5 Jesus respondeu: Em verdade, em verdade te digo que se alguém não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus.

6 O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito.

Os reencarnacionistas usam citam o versículo 3. Basta ir um pouquinho mais adiante para concluir, no versículo 5, que o nascer de novo tem relação com nosso espírito e não tem nada haver com a carne. TEMOS QUE NASCER DE NOVO NO ESPÍRITO.

João 9

1 E passando Jesus, viu um homem cego de nascença.

2 Perguntaram-lhe os seus discípulos: Rabi, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego?

3 Respondeu Jesus: Nem ele pecou nem seus pais; mas foi para que nele se manifestem as obras de Deus.

Mesmo quando eu era espírita não via correlação reencarnacionista com essa passagem. Se reencarnação existisse, Jesus teria respondido que a culpa por ser cego seria do próprio cego, pois segundo a regência do carma, mazelas físicas e até psicóticas tem raiz em encarnações anteriores. Mais uma vez, lendo mais um pouco do capítulo, vemos que Cristo cura o cego, a saber,

“10 Perguntaram-lhe, pois: Como se te abriram os olhos?

11 Respondeu ele: O homem que se chama Jesus fez lodo, untou-me os olhos, e disse-me: Vai a Siloé e lava-te. Fui, pois, lavei-me, e fiquei vendo.”

Vocês, que detêm muito mais conhecimento que eu, entendem como Cristo manifestou a Sua graça diante da cegueira do mendigo. Passou a ver a Luz e a crer no Cristo. Assim, estava salvo. Essa passagem me inspirou para aquela mensagem sobre cura …

Usam também versículos soltos sobre o Binômio Elias e João Batista, que já estudamos

f) Uma passagem que resume toda a verdade:

“O homem está destinado a morrer uma só vez e, depois disso, enfrentar o juízo.” (Hebreus 9:27)

Para fechar, uma cópia do que disse nosso amigo Caelo: Trechos como Ec. 12:7 (7 e o pó volte para a terra como o era, e o espírito volte a Deus que o deu.) reforçam essa idéia; indo a Bíblia ainda além, dizendo que aquele que fecha os olhos aqui os abre na presença de Deus (1Rs. 17:17-23; 2Sm. 12; Lc 16:30-31).

Estas e outras narrativas bíblicas impossibilitam totalmente a compatibilidade entre Cristianismo bíblico e crença em reencarnação. Não há como deduzir tal compatibilidade de meros indícios resultantes de interpretações [humanas] extensivas de outras partes da Bíblia, quando nestes trechos as Escrituras são taxativas. As interpretações que levam à conclusão da compatibilidade carecem de profundidade hermenêutica.

Peço a todos que passem este texto adiante. Eu ainda estava organizando, ia dividi-lo e fazer comentários mais completos, desculpem-me as falhas de digitação ou português, tá !

“1 Finalmente, irmãos, orai por nós, para que a palavra do Senhor se propague e seja glorificada como também o é entre vós,

2 e para que sejamos livres de homens perversos e maus; porque a fé não é de todos.

3 Mas fiel é o Senhor, o qual vos confirmará e guardará do maligno.” (1 Tessalonicenses Cap 3)

Referências bibliográficas:

1. Bíblia Eletrônica da Europa Multimedia : Utiliza a tradução revisada de João Ferreira de Almeida, com referências históricas retiradas dos seguintes livros:

2. Bíblia de Referência Thompson

3. Minha vida …

Fonte: http://www.PalavraPrudente.com.br

O Amor, a Misericórdia e a Paz, do Senhor, Salvador e Mediador, JESUS CRISTO, estejam contigo e com aqueles que estiverem próximo de ti!”

=========================================

=========================================

I João 1:

7 mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus seu Filho nos purifica de todo pecado.

Só o sangue do Senhor Jesus Cristo pode purificar o pecador, VERDADEIRAMENTE arrependido, de todo o pecado (I João 1:7). O mesmo Jesus ressuscitou, EM CARNE E OSSOS (Lucas 24:39), ao terceiro dia da sua morte, e voltará para arrebatar todo aquele que o recebeu como ÚNICO CAMINHO, ÚNICA VERDADE, ÚNICA VIDA ETERNA (João 14:6).

Sou SALVO PARA SEMPRE unicamente PELO SANGUE DO CORDEIRO DE DEUS (JESUS CRISTO). Tenho a certeza ABSOLUTA que sou SALVO APENAS PELA GRAÇA DE DEUS e VOU (COM CERTEZA) MORAR NO CÉU!

Tito 3:

5 não em virtude de obras de justiça que nós houvéssemos feito, mas segundo a sua misericórdia, nos salvou mediante o lavar da regeneração e renovação pelo Espírito Santo,

Efésios 2:

8 Porque pela graça sois salvos, por meio da fé, e isto não vem de vós, é dom de Deus;

9 não vem das obras, para que ninguém se glorie.

Se alguém quiser acreditar ou não, não mudará o fato da EXISTÊNCIA DO INFERNO ETERNO DE FOGO. A Bíblia está cheia de textos que falam sobre o inferno eterno de fogo. Muitos que não criam, estão crendo tarde demais. Não seja um dos tais que apostaram nos “eus achos” e em doutrinas diabólicas e se arrependeram tarde demais.

Deus não leva em conta os “conhecimentos” e “habilidades” terrenas, nem trata o homem de acordo com os bens que possui, mas EXIGE que TODOS, EM TODO LUGAR, SE ARREPENDAM (Atos 17:30).

Lucas 12:15

E disse-lhes: Acautelai-vos e guardai-vos da avareza; porque a vida de qualquer não consiste na abundância do que possui.

Cada um deve reconhecer que é um pecador perdido (Romanos 3:23) e, por isto, arrepender-se dos seus pecados; crê que o Senhor Jesus Cristo pagou todos os pecados de cada um de nós com o sangue dEle (I João 1:7) porque não podemos, de forma alguma, pagar um só pecado; crê que o Senhor Jesus Cristo ressuscitou, em carne e ossos (Lucas 24:39), ao terceiro dia da sua morte e converter-se a Ele; não a uma religião, mas ao Senhor Jesus Cristo, recebendo-o como Único e Todo-Suficiente Salvador (João 14:6).

Fique, agora, a sós com Deus… Não exija nada dEle; pois, quem somos para exigirmos algo de Deus? Com toda humildade no seu coração ESVAZIE-SE DE TUDO O QUE APRENDEU… Sinta que você é (o que todo homem é): PÓ! Diga a Deus que você não merece nem falar com Ele, quanto mais OUVIR A SUA VOZ. Agora, arrependido por ser mais um PECADOR (como todos o são), peça MISERICÓRDIA A DEUS e CREIA QUE o SANGUE DO SENHOR JESUS CRISTO É o ÚNICO PAGAMENTO POR TODOS OS TEUS PECADOS (I JOÃO 1:7). Não precisas ouvir som algum, mas necessitas sentir, em teu coração, que Deus está pronto a te ouvir! Creia, sem dúvida alguma, que o Senhor Jesus Cristo RESSUSCITOU EM CARNE E OSSOS (Lucas 24:39)… Romanos 10:9 e 10.

Esvazie-se deste mundo e de tudo o que te prende (amarra) a ele e sinta a sua inutilidade para salvar a sua alma… Creia, no seu coração, que JESUS CRISTO é o ÚNICO (João 14:6) que PODE, PELA SUA INFINITA GRAÇA, AMOR e MISERICÓRDIAS, SALVAR A TUA POBRE E PERDIDA ALMA, AGORA!

Ore assim, não como uma reza, com coração sincero e arrependido, a Deus: Senhor Deus, eu sou um pecador perdido e por isso não posso fazer nada para pagar os meus pecados. Foi por isto que o teu Filho, Jesus Cristo, morreu na cruz: Para pagar todos os meus pecados com o sangue que derramou. Mesmo sem ter visto, pela fé, creio que o Senhor Jesus Cristo ressuscitou, ao terceiro dia da sua morte, em carne e ossos; está vivo no céu. Agora, eu abro o meu coração e te peço: Entre, agora, Senhor Jesus, no meu coração, perdoa todos os meus pecados, como perdoaste o ladrão que morreu na cruz ao teu lado; purifica-me com o teu sangue; livre-me da condenação eterna do fogo do inferno e dê-me, agora mesmo, o teu Espírito Santo para morar no meu coração para eu ter a certeza, agora, de morar no teu céu. Eu te recebo, agora, Senhor Jesus Cristo, como meu Único e TODO-SUFICIENTE Salvador e Senhor. Ó Deus! Eu te imploro, em nome do Senhor Jesus Cristo. Amém!

Visite uma igreja Batista Fundamentalista.

Anúncios
Esse post foi publicado em RELIGIÃO, Uncategorized e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s